Dicas da nossa primeira viagem para Buenos Aires

#AgitoSP Viagens: Internacional Experiências #AgitoSP Viagem & Turismo

Embarcamos em Guarulhos rumo à Buenos Aires para conhecer a cidade considerada a Paris da América Latina.

Com um voo direto de aproximadamente 2h40, desembarcamos no Aeroporto Internacional Ministro Pistarini ou conhecido como Ezeiza.

No corredor do saguão tem um letreito muito bonito

Após desembarcarmos, percorremos um corredor para chegar na imigração. Há uma placa indicativa informando qual fila os turistas dos países do Mercosul devem entrar.

Imigração

Como acumula-se vários voos, a fila é bem demorada, onde ficamos cerca de 1 hora para chegar no guichê. Nele os passaportes são apresentados (não é necessário visto), tirado uma foto no sistema, conferido a digital. O funcionário pergunta em qual hotel você vai ficar e carimba o passaporte.

Quem viaja com o RG, receberá de volta um papel que equivale ao carimbo de entrada no país.  Esse papel deve ser apresentado na imigração na hora da saída do país. Portanto, guarde-o em local seguro.

Após pegar as malas na esteira, é necessário passar pelo raio-x antes de sair efetivamente para o aeroporto. #Dica Coloque a sua mala “deitada” para que o funcionário não reclame com você.

Na saída do aeroporto há opções de táxis, transfer e também ônibus. Nós optamos pelo transfer por ser nossa primeira vez na cidade. Para quem aluga carro, há pedágios ao longo da rodovia que leva até Buenos Aires.

Hospedagem

Hilton Buenos Aires

Ficamos hospedados no Hotel Hilton Buenos Aires, que fica no bairro de Puerto Madero. Muito confortável e com excelente localização. Clique aqui para ler o review completo

Nos últimos dois dias em Buenos Aires, ficamos hospedados no Dazzler Hotel Maipú, que faz parte da rede Wyndham e está localizado no centro de Buenos Aires. Clique aqui para ler o review completo

Passeios

Tsuru no Jardim Japonês

Compartilhamos com vocês os passeios e pontos turísticos que conhecemos em Buenos Aires:

  • Puerto Madero: Puente de la Mujer, Fragata Sarmiento, restaurantes e lojas
  • Palermo: Jardim Japonês, Eco Parque, Rosedal
  • Diversos: Caminito, Escultura da Mafalda, El Ateneo, Floralis Generica

Há vários outros pontos que não visitamos, mas você pode complementar nossa matéria com suas dicas. Assim ajudamos ainda mais pessoas que também querem conhecer a cidade 😉

Como se locomover?

locomoção em Buenos Aires pode ser feita a pé (a cidade é plana, sem subidas e descidas), táxi 🚖 (são carros amarelos com o teto preto), Uber (porém os taxistas não gostam dos motoristas de Uber, ficam bravos quando vêem e chegam até a cercar o carro), patinetes 🛴, bicicleta 🚲 ou metrô 🚇 (que se chama Subte.)

Para usar o transporte público é necessário ter um cartão chamado Sube (igual nosso bilhete único) e pra adquirir custa ARS 90 (mas várias pessoas podem usar o mesmo). A viagem de metrô custa ARS 19 e o ônibus depende do trajeto, quando você entra, basta dizer o destino para o motorista e ele seleciona para encostar o cartão Sube e fazer o pagamento. Chegando próximo ao destino, ele avisa 😉

Mapa da linha de metrô de Buenos Aires

Restaurantes

Recomendamos dois restaurantes em Puerto Madero:

Cabaña Las Lilas

Villegas Resto

Turismo de Buenos Aires

Muitas dicas de passeios, restaurantes e como explorar os bairros, você também encontra no site de turismo de Buenos Aires. Baixe também o app, que ele auxilia bastante nos roteiros 😉

Viagem realizada em nov e dez de 2019. Preços em pesos argentinos aferidos durante a trip.

Comente sobre esta matéria ;)