Entenda por que comida de bebê não é só papinha

Gastronomia Kids

Todos nós já vimos ou ouvimos que a recomendação para a introdução alimentar dos pequenos deve ser por meio das papinhas. Mas cada vez mais tem sido discutida a importância de a comida das crianças ser igual à do restante da família e, com alguns ajustes, a família toda pode e deve ter a mesma alimentação, sendo ela saudável e feita em casa, claro. 

A Camil, marca líder em arroz no Brasil, e que possui um portfólio completo de grãos, com feijão, lentilha, soja, grão de bico, entre outros, procura incentivar e valorizar o cozinhar em casa por meio da campanha “Comida de Casa é Camil” e, com a consultoria de seus especialistas, traz informações e dicas sobre a alimentação das crianças: 

• A comida da família e do bebê, que esteja na fase da introdução alimentar, deve ser a mesma, tendo apenas algumas adaptações quanto à quantidade de sal, a textura e o cuidado aos temperos mais fortes; 

• A preparação da refeição pode ser a mesma para todos, em alguns casos, os alimentos podem ser levemente amassados para que a criança consiga comer melhor, mas não é necessário triturar ou passar na peneira – para que o ingrediente tenha sua consistência mais natural; 

• Essa alimentação com a “comida de verdade” ensina o bebê a mastigar e também a conhecer e ter contato com os mais diversos alimentos, sabores e texturas; 

• Sempre seguindo a orientação médica ou do nutricionista e dependendo da idade da criança, os grãos são uma ótima opção para começar a introdução alimentar dos pequenos: arroz integral, arroz branco, feijão preto, carioca, lentilha, entre outros, é só escolher a melhor combinação para a família toda; 

• No caso desse grupo de alimentos, é sempre aconselhável que se faça o molho e remolho dos grãos, para evitar os fitatos – que geram gases e podem interferir na absorção de alguns nutrientes; 

• Uma boa dica é preparar uma quantidade maior do prato escolhido para a semana e congelar em potes com tampa, preferencialmente de vidro, descongelando a porção ideal para a criança a cada dia. O descongelamento pode ser feito inclusive no micro-ondas. E diferente do que muitos pensam, quando os alimentos são congelados, apresentam uma perda mínima ou nenhuma perda de nutrientes.

Comente sobre esta matéria ;)