Tremor na língua desperta a curiosidade de paulistanos

Gastronomia
Fotos Amazônia Soul (7).jpeg

Tremor na língua desperta a curiosidade de paulistanos por pratos da culinária paraense que têm como base o jambu  

O Jambu, também conhecido como agrião do Pará, é uma planta muito comum na região norte do país, principalmente no estado do Pará. Seu uso é muito amplo, serve de base para diversos pratos típicos do Norte, como; tacacá, pato no tucupi e também é a matéria prima da famosa cachaça de jambu, além de entrar no preparo de molhos e saladas. 

O jambu dá uma leve tremida na boca e adormece a língua, isso acontece devido a uma substância chamada espilantol, que está sendo estudada pela indústria farmacêutica e de cosméticos, por causa de seu possível efeito anti-inflamatório e anestésico. 

Os benefícios dessa planta são múltiplos, ela é rica em ferro, vitamina C, que ajuda a fortalecer o sistema imunológico, carboidratos, lipídios, proteínas, ferro, vitaminas, sais minerais e fibras. 

  • Ajudar a combater as infecções por vírus e fungos; 
  • Combate os radicais livres, evitando o envelhecimento precoce; 
  • Ajudar a aliviar a dor de dente e de garganta; 
  • Auxiliar no tratamento da tosse e do herpes; 
  • Aumentar os níveis de testosterona no homem, por possuir efeitos afrodisíacos; 

O chef Pedro do restaurante de culinária paraense, Amazônia Soul em São Paulo, conta que os pratos com jambu são os mais procurados por seus clientes.  

“Os Paulistanos são atraídos pela curiosidade da dormência que a erva causa na boca e língua. A grande maioria das pessoas que provam o tacacá pela primeira vez, se apaixonam de cara e se abrem para outras experiências como por exemplo a cachaça de jambu, que possui o mesmo efeito anestésico…”  Pedro Amaral 

No Amazônia Soul, além de você encontra o jambu em diversas preparações, é possível comprar a erva congelada no empório do restaurante e preparar em casa. O pacote com 500 gramas da erva congelada custa (R$ 28,00) 

Serviço: 

Amazônia Soul    

Com cardápio fixo, o restaurante faz entregas para até 7 km ou retirada no local. Entre as sugestões estão; Isca de Dourada (R$ 29,90), Costela de Tambaqui (R$ 54,90), Pirarucu de casaca (R$59,90), Tacacá em versão grande (R$ 27,90) e Mini (R$19,90) e açaí paraense orgânico e 100% puro (R$ 25,90 – 500ml). Pedidos pelo tel. (11) 5083-4046  Instagram: @amazoniasoulsp. Atendimento de mesa – Quinta e Sexta (15/22h), Sábado (12/20h) e Domingo (12/18h). Delivery – Quinta e Sexta (14/21h30), Sábado (12/19h30) e Domingo (12/17h30) 

Leia o nosso review

Comente sobre esta matéria ;)