Quando os enjoos na gravidez são um alerta?

Saúde

Os enjoos típicos da gravidez podem começar a partir das 4 semanas de gestação e, em alguns casos, durar toda a gravidez, sendo mais frequentes pela manhã. Mas em alguns casos, o enjoo pode ocorrer várias vezes ao dia, devido ao aumento de sensibilidade a cheiros durante a gravidez. “Todo mundo sabe que é comum ter náuseas e até vômitos durante a gestação, sendo que até 80% das mulheres tem esse incômodo, principalmente nas primeiras semanas dessa fase em função do aumento no hormônio HCG, “afirma a Dra. Erica Mantelli.

Segundo a Ginecologista Erica Mantelli, esses enjoos devem ser leves, pois caso se tornem frequentes, a mulher pode estar com hiperemese gravídica. Essa condição, causa vômitos seguidos que não são possíveis de controlar. “Apesar de ser um problema raro, (ocorrendo em 1% a 2% das gestações) é muito grave afinal, pode causar desnutrição, reduzindo assim, os nutrientes necessários para a mamãe e o seu bebê,” alerta a médica.

A hiperemese gravídica pode ser leve, moderada ou grave. Em casos leves, ela pode ser tratada em casa mesmo. Mas mulheres que apresentam um quadro grave, muitas vezes precisam de internação, porque além dos sintomas característicos, elas apresentam muita fraqueza, desmaios, alterações visuais e também confusão mental.

“Por isso, quando a gestante perceber que está tendo enjoos muitas vezes ao dia, converse logo com um médico, para fazer uma avaliação e um tratamento se necessário. É importante também, a futura mamãe contar com o apoio de uma equipe multidisciplinar que inclua ginecologista, obstetra, nutricionista, psicólogo. Assim, a gravida poderá ter um acompanhamento mais completo,” acrescenta a ginecologista e obstetra.


Para a Dra. Erica Mantelli, além de medicamentos, o tratamento inclui uma dieta específica pra quem está tendo muitas náuseas na gestação, por isso a importância do tratamento com um nutricionista.

Comente sobre esta matéria ;)