Adrenalina pode afetar desempenho sexual

Cidade

Liberação do hormônio está ligada à picos de ansiedade e stress

A adrenalina é um hormônio comumente relacionado a grandes feitos, como um pulo de paraquedas ou uma importante apresentação profissional. O que muitas pessoas não entendem é que a liberação desse hormônio está diretamente relacionada ao stress e à ansiedade. Ambas são sensações que estimulam a produção de cortisol e adrenalina no organismo, hormônios que, por sua vez, atrapalham a circulação sanguínea nos genitais, prejudicando a vida sexual.

Segundo Dr. Emilio Sebe Filho, cirurgião especialista em urologia, rins, próstata e prótese, e fundador da Lifemen, rede de clínicas que reúne serviços especializados na área de saúde sexual masculina, a ansiedade é um problema que atinge grande parte das pessoas sexualmente ativas. “Os homens são constantemente cobrados por sua performance sexual e pelo tamanho de seu pênis. As mulheres, por outro lado, são pressionadas por um padrão inatingível de beleza e corpo. São todas variáveis que podem gerar bloqueios emocionais na hora do sexo”, pontua.

Mas o que isso significa na prática? O médico explica que o aumento na adrenalina pode causar disfunção erétil, ejaculação precoce, falta de lubrificação e diminuição na libido.

Dr. Emilio ressalta a importância de uma conversa honesta entre os parceiros para que seja possível investigar e mapear as causas da ansiedade. “Muitas vezes é algo externo, relacionado ao trabalho, por exemplo. É uma excelente oportunidade para os parceiros se ajudarem e ficarem ainda mais próximos”, orienta.

Se o motivo estiver diretamente relacionado ao parceiro, é essencial que essa conversa gere bons frutos, como mudanças na rotina, maior cuidado com os sentimentos do outro e desenvolvimento da intimidade e confiança. “A terapia sexual também é aconselhável, pois em muitos casos, quando o problema está relacionado à performance de um dos parceiros, é muito difícil entrar nesse assunto sem um profissional mediador”, conclui o especialista.

Comente sobre esta matéria ;)