Review #AgitoSP: JAC T50

Auto Experiências #AgitoSP

Para nossa viagem à Minas Gerais, estamos a bordo do JAC T50, evolução do T5 e que conta com grandes mudanças externas.

Denominado pela montadora como o SUV mais completo do mercado, o T50 tem um design super bacana! A cor vermelho metálico é predominante, mas divide harmonicamente com o preto e acabamentos cromados.

Na frente há novos faróis com assinatura em led, lanternas, grade dianteira grande com o logo da JAC ao centro (unindo com uma linha black piano) e linhas horizontais cromadas e farol de neblina.

A lateral conta com retrovisores com pisca alerta é que rebatem ao fechamento do carro, maçanetas cromadas e no lado do motorista há o sensor de chave de presença, uma longa faixa abaixo dos vidros e na base do carro cromado dão ar de elegância ao SUV.

Na parte traseira, duas saídas do escapamento esportivo (lembra da Mercedes GT, mas que são apenas de enfeite, já que o escapamento está escondido), duas grandes faixas cromadas, lanterna de neblina, logo da JAC e SHC e o modelo da SUV T50 CVT.

Tem rodas de liga leve aro 16”, e assim como o T40, possuí uma pinça de freio vermelha (igual do Porsche). A antena é em formato de barbatana de tubarão e tem o rack de teto na cor prata.
⠀ 
Equipado com motor 1.6 e somente gasolina, rodamos 1.400 km com consumo médio (segundo o computador de bordo) de 15.3 km/l (bem econômico). Em subidas e saídas normais de primeira marcha o T50 exige pisar um pouco mais forte no acelerador. Na estrada, tem bom desempenho e fez ultrapassagens fáceis em modo Sport.

Segundo a JAC, do interior do T50 só sobraram as maçanetas e o acendedor de cigarros em comum ao seu antecessor.

Nesta versão top de linha chamado de Pack 3, há banco de couro, volante, laterais e o painel revestido também de couro com detalhes de costura vermelho, que contrastam com detalhes em prata (ficou bom, pois no T40 haviam detalhes cromados e quando o sol refletia, atrapalhava bastante).

Na lateral também possui o mesmo couro com costura, maçaneta cromada e um detalhe em plástico black piano. Além de sinalizador vermelho que se acende quando as portas dianteiras são abertas.

Com 2,56 metros de entre-eixos, há espaço suficiente para dois adultos viajarem com conforto no banco de trás, encosto de cabeça para 3 lugares e cinto de segurança de 3 pontas, conta também com um duplo porta copos que fica escondido no banco do meio e um ponto USB (que carrega bem rápido).

O volante tem direção elétrica (porém ele é bem mole, tem de tomar cuidado durante a direção, pois uma viradinha sequer já e suficiente para o T50 responder) com comandos multimídia para atender/recusar ligações, aumentar/diminuir volume, mudar estações de rádio, regulagem de altura e acionamento do piloto automático, que é um recurso excelente em estradas, deixando a viagem muito mais confortável!

O T50 possui recurso de botão de partida, regulagem de altura dos faróis, botão para rebater o espelho retrovisor, ar condicionado digital (mas não dual zone e não há saída de ar para o pessoal do banco de trás). Possui uma saída USB (que possui uma voltagem baixa) e dois acendedores de cigarro.
⠀ 
O câmbio é automático CVT de 6 velocidades, mais modo Sport e opção de troca de marchas manuais. Tem uma opção Winter/Neve (que não tem funcionalidade no Brasil), botão Start/stop e recurso de acionar a câmera e sensores de estacionamento

O JAC T50 conta com uma tela multimídia de 8 polegadas, que se destaca na parte superior central do painel.
⠀ 
Nele estão opções de ouvir rádio, conectar o smartphone via Bluetooth para atender ligações e ouvir música, leitor de USB, temperatura, relógio e conferir a pressão dos pneus (Traction Control System). Para melhorar a experiência (e aproveitar a telona), faltou a função de espelhar o iPhone (havia um ícone, mas não realizava o pareamento).

Com câmeras posicionadas na frente abaixo do logo da JAC, embaixo dos retrovisores e na traseira, juntas elas montam uma visão 360 graus do T50 e auxiliam o motorista em balizas e manobras em qualquer vaga. Quando acionado a ré, a tela multimídia é dividida onde em um pedaço é criado uma SUV virtual no ambiente real e do outro lado a visão da câmera traseira ou dianteira. A função também pode ser acionada por um botão próximo do câmbio automático.

O painel conta com um conta giros e velocímetro analógico (poderiam ser digitais) e na parte central computador de bordo com visualização de consumo médio, autônoma, odômetro, exibição da marcha engatada, relógio, temperatura, nível de combustível e trip.

O porta-mala é bem generoso, com 600l de espaço e cabe muita coisa! Tem luz interna, tomada 12v. (não encontrei função para essa tomada) e também uma alavanca para abertura do porta-mala por dentro. Não possui tampão e sim uma lona retrátil (bem útil esse formato).
⠀ 
O quebra Sol tem espelhos com luz em ambos os lados, porta óculos no lado do motorista e apoio de braço dianteiro com compartimento.

Gostamos bastante da experiência a bordo do T50 e você também pode conhecer também a SUV com maior número de equipamentos de série do mercado brasileiro. É só acessar jacmotorsbrasil.com.br e agendar um test drive

Pontos Positivos: Desing, interior confortável, cornering light, câmera 360º e piloto automático

Pontos a melhorar: Volante ser “muito mole”, não ter muita força em arrancadas e subidas, ser somente à gasolina e o controle ser menos sensível, pois um esbarrarão no short já acionava o alarme e espelahmento do smartphone

Confira mais fotos em nossa fan page

Comente sobre esta matéria ;)