#DiscoverGermanyFromHome: Conheça a Alemanha sem sair de casa

#AgitoSP Viagens: Internacional

Viajantes podem assistir óperas, conhecer museus e lugares de todo o país por meio das redes sociais e de passeios virtuais

Pensando nos turistas com ‘fernweh’, expressão alemã que significa forte desejo de viajar e conhecer diferentes lugares, o Centro de Turismo Alemão (DZT), durante este momento de isolamento social, lançou a campanha virtual ‘Descubra a Alemanha de Casa’ (#DiscoverGermanyFromHome).  

O principal objetivo é trazer conteúdo inspirador, empático e, ao mesmo tempo, informativo e interativo pelas redes sociais para os viajantes que certamente visitarão a Alemanha no futuro. A campanha inclui formatos de experiência virtual de todos os 16 estados alemães. Além de #DiscoverGermanyFromHome, a campanha também usa hashtags que já estão em circulação, como #staysafe, #stayathome ou #traveltomorrow

“Apesar do isolamento permanecemos ativos. Estamos constantemente em movimento em mais de 30 canais de mídia social, a fim de manter vivo o interesse no destino de viagem à Alemanha. Estabelecemos tambémcontato direto com o cliente por meio de nossas ferramentas on-line que também nos ajudam a manter um diálogo ativo com nossos parceiros no turismo e no setor internacional de viagens”, conta a presidente do DZT, Petra Hedorfer. 

Museus 
Além do conteúdo pelas redes sociais oficiais do DZT, o turista também pode conhecer mais de cem museus e coleções que estão na Alemanha por meio de passeios virtuais do Google  Arts e  Culture . Na plataforma, é possível andar pelos corredores das galerias e ver em alta definição mais de 70 mil fotos e obras de arte de momentos e personalidades importantes para a humanidade. 

Um dos lugares que permite a visita sem sair de casa é o useu  Pergamon , o mais importante da capital,Berlim. Organizado em três partes, a Coleção de Antiguidades Clássica, Museu do Antigo Oriente Próximo e o Museu de Arte Islâmica, o local também abriga o imponente Altar de Pérgamo, originalmente construído no século II A.C. Encontrado no fim do século XIX, a estrutura foi reconstruída e restaurada. 

Os visitantes apaixonados por arte e Munique podem conhecer a galeria de arte da cidade, a Lenbachhaus . Localizada na casa do pintor bávaro, Franz von Lenbach, o museu abriga uma coleção única de obras do BlaueReiter, grupo de pintores expressionistas fundado em 1911, que influenciou diversas vertentes da arte moderna do século XX. 

Música clássica 
A música clássica também tem espaço na programação digital da Alemanha. A Ópera Estatal de Berlim (Staatsoper Unter den Linden) realiza transmissão ao vivo de suas apresentações diariamente. Sob o tema “Cultura nos tempos de Corona”, a programação online segue até 29 de abril e pode ser acompanhada no site da Staatsoper 

No ano em que o alemão Beethoven completa 250 anos, o Museu Beethoven , oferece um tour virtual pelas salas de exposições. Também podem ser visitados o estúdio de coleções digitais, o palco para visualização de músicas e as instalações externas. 

Guias de áudio podem ser adicionados às 15 imagens panorâmicas. Todas as exposições também têm zoom e são conectadas às informações no arquivo digital com um clique. 

A Beethoven House Bonn apresenta um arquivo digital com manuscritos musicais exclusivos, primeiras edições, cartas e fotos da coleção e biblioteca da Beethoven House. 

Bundeskunsthalle, em Bonn, cidade natal do artista, está exibindo on-line a exposição “BEETHOVEN.Welt.Bürger.Musik”. A mostra fornece uma visão ampla e vívida da natureza e da obra de Ludwig van Beethoven, seus arredores e, claro, sua música. 

Segundo semestre 
Devido a situação atual, o DZT adiou todas as medidas de marketing planejadas para o mercado mundial, incluindo o início das campanhas “German Summer Cities” e “#WanderlustGermany“. No entanto, após as medidas tomadas para o enfrentamento da pandemia, as campanhas do DZT poderão ser reagendadas rapidamente, seguindo as diretrizes das autoridades para o setor. 

Comente sobre esta matéria ;)