As margens culturais do Rio Tâmisa, na Inglaterra

#AgitoSP Viagens: Internacional Viagem & Turismo

De corridas de barcos mundialmente famosas e palácios reais a instalações artísticas em grande escala, as margens do Rio Tâmisa oferecem uma porção de atrações e atividades culturais, além de patrimônio real. Os principais eventos programados para este ano, como Illuminated River and Estuary 2021, inspiram futuras viagens para visitar suas margens ou passear em suas águas.

Illuminated River – Londres, Inglaterra

Illuminated River irá continuar iluminando as águas de Londres no primeiro semestre de 2021, com cinco novas pontes juntando-se à instalação já realizada em quatro das travessias mais icônicas da cidade. Mais de seis quilômetros de luzes orquestradas e multicoloridas irão transformar as pontes de Blackfriars, Waterloo, Golden Jubilee, Westminster e Lambeth, criando a mais longa comissão de arte pública do mundo. Haverá também uma série de extras digitais para desfrutar, incluindo partituras gratuitas de alunos da Guildhall School of Music and Drama para aprimorar a experiência.

Estuary 2021 – Kent, Inglaterra

Estuary 2021 celebra sua segunda edição em 2021 dando vida ao festival de artes em grande escala, realizado ao longo do Estuário no Rio Tâmisa em Essex e North Kent. Entre 22 de maio e 13 de junho, a programação do festival irá exibir eventos de arte, música, literatura e filmes celebrando a paisagem, o patrimônio e as comunidades locais ao longo do rio – tanto online quanto em locais seguros de COVID. Um destaque do evento inclui os capítulos recém-encomendados e as interpretações dos artistas do livro de Tom King, Thames Estuary Trail: Uma caminhada ao redor do Fim do Mundo, que celebrará seu 20° aniversário este ano.

Artes Visuais em South Bank – Londres, Inglaterra

Em futuras viagens à Londres, descubra uma imensa variedade de destaques culturais que o aguardam no Centro de Southbank e no Royal Festival Hall. Um dos locais de música mais conhecidos de Londres, o Royal Festival Hall tem um calendário anual de eventos que variam de obras clássicas a performances modernas. Para arte de classe mundial, inspire-se no centro de Hayward Gallery, com 2021 pronto para as principais exposições do cineasta Matthew Barney e do artista Igshaan Adams, com suas esculturas inspiradas por danças indígenas.

BFI Southbank é um centro de importantes trabalhos cinematográficos, apresentando novos títulos, clássicos do cinema cult, e filmes internacionais. Enquanto isso, se você é um fã de arte e anseia por mais novidades, você pode fazer uma visita ao Tate Modern. Considerado um dos principais museus de arte contemporânea no mundo, em 2021 o local irá receber instalações imperdíveis incluindo o trabalho de Yayoi Kusama: Infinity Mirror Rooms, retrospectiva da artista abstrata Sophie Taeuber-Arp e The Making of Rodin, exibindo as obras experimentais do escultor.

Com apenas alguns passos de distância do icônico Shakespeare’s Globe – uma réplica mundialmente conhecida do local original ao ar livre de Shakespeare. Além de contemplar as obras de Shakespeare, há também passeios guiados de abril até o final de outubro de 2021, com versão de tour virtual online disponível também.

O Mundo da Realeza pelo rio

O ícone de Londres no Rio Tâmisa, a Tower of London, é um Patrimônio Mundial da UNESCO fundamental para eventos importantes que formam a Inglaterra. Sua estrutura já servira de prisão, palácio e fortaleza durante seus primeiros 1.000 anos de história, mas é ainda mais conhecido por ser o lar das Joias da Coroa. A histórica Cerimônia das Chaves também pode ser vista, além de conhecer os famosos ‘Beefeaters’ da Torre em uma visita guiada.

No caminho entre South West para o centro de Londres, ao longo do Rio Tâmisa está o Palácio de Hampton Court. O Palácio que fora o lar do Rei Henry VIII, que costumava viajar pelo rio em sua barcaça real, é preservado e abriga os apartamentos privados do monarca Tudor, a Capela Real, cozinhas e jardins formais.

Mais adiante pelo Rio está o Castelo de Windsor – um ‘palácio operante’ e, aos finais de semana, o lar da Sua Alteza Real a Rainha Elizabeth II. Ao longo de seus 900 anos de história, o castelo já recebeu incontáveis membros da monarquia e muitos itens do Royal Collection Trust que incluem as principais obras de arte mantidas nos apartamentos barrocos do Estado.

As marges do Rio Tâmisa também abrigam várias casas senhoriais dignas de sonho, desde o esplendor do século XVII de Ham House and Garden, lar de artes e têxteis históricos, até o local de filmagem de Bridgerton, Syon House. Fãs do movimento Arts and Crafts podem visitar a casa de campo de William Morris no Kelmscott Manor, que fica ao longo do Thames Path, uma trilha nacional que segue o percurso do rio de Cotswolds ao centro de Londres.

Eventos esportivos históricos

Uma tradição de quase 200 anos no rio Tâmisa é a corrida anual de barcos, onde os clubes de remo rivais das universidades de Oxford e Cambridge se enfrentam. Apesar de movidos para o Great Ouse em Ely, Cambridgeshire para abril de 2021, esta tradição esportiva normalmente acontece no percurso profissional de seis quilômetros do rio Tâmisa, uma rota de Putney para Mortlake.

Estabelecido em 1839, o Henley Royal Regatta é outra competição famosa no Rio Tâmisa. Apesar de sujeito a mudanças para 2021, o Regatta é conhecido por ser um dos maiores eventos sociais e de esportes no calendário britânico. Com mais de 300 corridas ao longo de cinco dias, multidões se reúnem para torcer pelos remadores que disputam, muitas vezes, enquanto desfrutam de um piquenique tradicional e de uma taça de Pimms – um gin tipicamente britânico.

As restrições para viagens para e ao redor da Grã-Bretanha estão em vigor devido à Covid-19. Os visitantes são sempre incentivados a verificar os sites individuais para obter as informações mais recentes, pois os detalhes estão sujeitos a alterações.

Comente sobre esta matéria ;)