Veja 6 dicas para perder o medo da panela de pressão

Cidade

A panela de pressão pode parecer um “bicho de sete cabeças” para muitos. Histórias de tragédias causadas por esse utensílio doméstico são contadas há anos, por isso não é difícil encontrar pessoas que evitam utilizá-lo. Mas, ao contrário do que se pensa, a panela de pressão precisa somente de alguns cuidados para deixar de ser a vilã da história e virar uma ferramenta segura e prática.

Pensando nisto, a Ajinomoto do Brasil, por meio de sua equipe de profissionais da área de Marketing-Nutrição – responsável pelo desenvolvimento de receitas práticas, saborosas e equilibradas – preparou uma lista com dicas para desmistificar o uso da panela de pressão. “Tomando os devidos cuidados, a panela de pressão pode ser a maior aliada na cozinha”, explica a gerente de Marketing-Nutrição da Ajinomoto do Brasil, Lisiane Miura. “É um utensílio capaz de preparar de forma prática e rápida pratos simples e sofisticados”, conclui.

1. Certificação de qualidade
Na hora de comprar uma panela de pressão, é muito importante verificar se o produto possui o selo do Inmetro, que determina se a fabricação foi feita de acordo com as normas de segurança.

2. Limpeza
A limpeza é outro procedimento básico e muito importante para a higiene e para manter a segurança do produto. Na hora de lavar a panela de pressão, retire a borracha que faz a vedação e lave bem para evitar o acúmulo de resíduos.

O pino também requer atenção. Utilize um palito de dente para limpar todos os furinhos do objeto para que não fique nenhuma sujeira.

3. Vapor
Quando a panela começar a soltar vapor, abaixe o fogo, pois a partir desse momento a temperatura da água não vai mais subir.

Após desligar o fogo, aguarde o vapor sair naturalmente da panela. O ideal é não acelerar esse processo apoiando um garfo na válvula, nem colocando a panela embaixo da água. Não retire a tampa sem que todo o vapor tenha saído.

4. Sinais de alerta
Atente-se ao ruído da panela. Se ele for interrompido de repente, desligue o fogo, afaste-se e espere esfriar. O mesmo procedimento deve ser adotado se a válvula da panela de pressão se levantar durante o cozimento. Além disso, a qualquer sinal de vapor saindo pelas laterais, troque a borracha.

5. Panela velha também faz sobremesa boa
Tem uma panela velha e que não serve mais para cozimentos na pressão? Não jogue fora. Por ter o fundo grosso, é o melhor tipo de panela para fazer doces.

6. Tempo dos cozimentos
Agora que não há mais motivos para ter medo da panela de pressão, veja o tempo aproximado de cozimento de alguns alimentos e receitas para colocar na prática essas dicas de ouro:

– Feijão, grão-de-bico, carne fresca, carne ensopada e sopa de feijão: 30 minutos;
– Carne de porco e frango ensopado: 20 minutos;
– Bolinho de carne, costela de porco e sopa de legumes: 10 minutos;
– Língua bovina: 60 minutos;
– Canjica: 35 minutos;
– Ervilha: 12 minutos;
– Lentilha e canja: 20 a 25 minutos;
– Sopa de batatas: 15 minutos;
– Sopa de carne: 45 minutos.

• Receitas práticas na panela de pressão
Feijão à moda da casa
https://www.saboresajinomoto.com.br/receita/feijao-a-moda-da-casa-1 

Arroz integral na panela de pressão
https://saboresajinomoto.com.br/receita/arroz-integral-na-pressao 

Macarrão na panela de pressão
https://saboresajinomoto.com.br/receita/macarrao-de-panela-de-pressao 

Maminha na pressão
https://saboresajinomoto.com.br/receita/maminha-na-pressao 

Risoto na panela de pressão
https://saboresajinomoto.com.br/receita/risoto-na-panela-de-pressao 

Para mais dicas e receitas práticas para todos os tipos de panela e ocasiões, acesse: www.saboresajinomoto.com.br.

Comente sobre esta matéria ;)