Maternidade Pro Matre Paulista investe em seu serviço de Medicina Fetal

 

A aquisição de um novo microscópio de alto desempenho facilita a realização de cirurgias intrauterinas para o tratamento de doenças como a mielomeningocele

 

A Maternidade Pro Matre Paulista está investindo em sua infraestrutura e em sua equipe para conseguir resultados ainda melhores em cirurgias de alta complexidade em medicina fetal. Estruturado no início deste ano e com atividade desde maio, o serviço de Cirurgia Fetal da Pro Matre Paulista acaba de receber um reforço significativo, com a chegada do microscópio Zeiss, modelo Pentero, para utilização em cirurgias intrauterinas para correção de mielomeningocele.

“Esse microscópio é reconhecido como o melhor do mercado para a função e, no caso das cirurgias neurológicas, facilita a identificação dos planos a serem dissecados”, afirma o Dr. Fábio Peralta, diretor do Centro de Referência em Medicina Fetal da Maternidade Pro Matre Paulista.

O microscópio será utilizado principalmente em cirurgias de correção intrauterina de miolomeningocele. Também conhecida como espinha bífida aberta, é uma malformação congênita da coluna e da medula espinhal resultante de seu fechamento incompleto durante a gestação, deixando expostas as meninges, a medula e as raízes nervosas. A doença pode causar hidrocefalia, herniação cerebelar, comprometimento cognitivo e motor, disfunções do intestino e da bexiga.

Com o auxílio do novo microscópio de alta resolução, será possível realizar a cirurgia de correção com uma incisão muito menor no útero, o que contribui para redução significativa nas taxas de complicações maternas. Ele também facilitará a realização de cirurgias em que o acesso ao feto é mínimo. A utilização do microscópio para esse fim é uma novidade e exclusividade da equipe da Pro Matre, que desenvolveu a técnica com a utilização desse aparelho para correção da mielomeningocele.

Com uma equipe multidisciplinar altamente especializada em medicina fetal, a maternidade tem atingido resultados semelhantes aos alcançados pelos melhores centros de cirurgia fetal na Europa e nos Estados Unidos, sob a liderança do cirurgião fetal Fábio Peralta, especialista no tratamento intra-útero dessas doenças raras do feto.

“Atualmente contamos com uma equipe de cinco neurocirurgiões, 12 especialistas em medicina fetal, cinco anestesistas e outros cinco obstetras”, afirma Dr. Fábio Peralta, diretor do Centro de Referência em Medicina Fetal da Maternidade Pro Matre Paulista. De acordo com Peralta, a agilidade no diagnóstico permite prevenir sequelas graves com as intervenções intra-útero. “Em geral, cirurgias fetais são realizadas quando se detectam situações que colocam a vida do feto ou algum órgão importante em risco. Os diagnósticos precoces e os tratamentos intra-úterinos realizados na instituição podem prevenir sequelas graves nos bebês”, afirma.

“Nos últimos cinco meses, foram realizadas mais de 40 cirurgias para tratamento de transfusão feto-fetal, hérnia diafragmática congênita, obstrução urinária, entre outros”, conclui Dr. Peralta.

Um dos diferenciais da Pro Matre é a estrutura de análise, composta por unidades modernas de ultrassom para atendimento ambulatorial. No total a instituição conta com quatro salas disponíveis para o atendimento das gestantes. Os melhores equipamentos de imagem são utilizados, além da realização de exames diagnósticos complexos como biópsia de vilo corial, amniocentese e cordocen­tese. 

O time da Pro Matre Paulista é responsável, também, por cuidar de inúmeros casos encaminhados de outros estados. “Muitos chegam a nosso conhecimento por intermédio dos governos municipais ou estaduais. Tratam-se de gestações complicadas, que não teriam chance de sucesso sem um tratamento de ponta ou sem o acompanhamento adequado. Quando conseguimos intervir a tempo, muitas vezes esses bebês nascem sem sequelas, simplesmente por terem tido acesso à tecnologia correta, ao diagnóstico ágil e eficiente, e ao atendimento de uma equipe qualificada. Na Pro Matre nossa missão é essa, oferecer chance às gestantes que chegam aqui sem esperança”, completa Peralta.

 Mais informações sobre a instituição podem ser obtidas em http://www.promatresp.com.br/.

Comentários no Facebook