Sanduíche de Mortadela do Mercadão ganha versão inédita

Aniversário de SP Gastronomia

Famoso Sanduíche de Mortadela do Mercadão ganha versão inédita comemorativa no dia 25 de janeiro com 467 metros e mais de 1 tonelada de recheio

Ação realizada pela Prefeitura de São Paulo e parceiros comemora os 467 anos da cidade e os 88 anos do Mercadão

No dia 25 de janeiro, a comemoração dos aniversários de São Paulo e do Mercado Municipal Paulistano será fechada e de cunho social, com a distribuição exclusiva do tradicional lanche de mortadela e bolo a instituições carentes, em respeito à pandemia e à necessidade do distanciamento interpessoal.

Para celebrar será preparado o famoso sanduíche de mortadela numa versão inédita em homenagem à capital paulista: serão 467 metros (idade da cidade) e mais de 1 tonelada de recheio (cerca de 780 kg de mortadela e 260 kg de queijo prato). A montagem do lanche formará a mensagem “SP 467”. Um bolo temático com 88 kg também será preparado no local, referência à idade do Mercado. 

O evento é parte do calendário oficial da Prefeitura pelo aniversário de São Paulo e terá transmissão ao vivo através do facebook @mercadosmunicipais.abast, desde a confecção do mega sanduíche –a partir das 6h-, o momento dos parabéns e cortes –previsão em torno das 12h-, até o fracionamento e a entrega às instituições assistenciais no Mercadão logo na sequência.

“Esta foi a maneira que encontramos para manter nossa celebração sem promover qualquer aglomeração, seguindo todas as medidas de segurança no combate ao coronavírus, e poder compartilhar com o público, clientes, parceiros etc”, explica o empresário José Carlos Freitas, presidente da RENOME – Associação da Renovação do Mercado Municipal Paulistano, responsável pela organização do evento.

A ação é uma parceria entre o Departamento de Abastecimento e Agricultura da Prefeitura, a Associação da Renovação do Mercado Municipal Paulistano (RENOME) e empresas como a Ceratti, Tirolez e Basilicata, e tem o apoio da APECC –Associação Paulista dos Empreendedores do Circuito de Compras-.

“Sabemos que o momento e a disseminação do coronavírus requerem cuidados, mas vamos, ainda assim, celebrar os 467 anos de São Paulo de um jeito especial, com distanciamento social e responsabilidade. E será uma comemoração dupla, já que teremos também o início da vacinação, resultado de um esforço conjunto dos nossos governos municipal e estadual. Em breve poderemos voltar a frequentar com segurança o Mercadão, este grande símbolo da vitalidade paulistana”, afirma Carlos Fernandes, secretário-executivo de Abastecimento.

Os preparativos começam logo no final de semana que antecede o aniversário do Mercadão e da cidade, com o recebimento da mortadela Ceratti. “Apesar de conhecida no Brasil inteiro, nossa raiz é paulistana. Surgimos na terra da garoa há 89 anos e participar dessas ações nos orgulha. Agradecemos a oportunidade de estarmos juntos com o Mercadão nessa ocasião”, declara Bruno Pimenta Alves, Gerente de Marketing da Ceratti.

A Tirolez, maior empresa brasileira de queijos do país e referência há quatro décadas, também está apoiando a ação solidária pelos 88 anos do Mercadão, assim como a Basilicata, que está fornecendo os pães.

Mercado Municipal Paulistano é um dos principais cartões postais da grande metrópole. Foi instalado em 1933 na região central de São Paulo e tornou-se destino turístico na capital paulista com a visita milhares de pessoas diariamente.

Conhecido como Mercadão, o local também virou referência pela riqueza gastronômica que oferece em meio a aproximadamente 300 boxes, que dispõem de grãos a chocolates, de frutas a embutidos, além de vinhos, cervejas, cachaças, doces, queijos, carnes e temperos.

Alguns números capazes de mensurar o significado do local na cidade de São Paulo: 350 toneladas de alimentos comercializados por dia; de mil a 30 mil lanches de mortadela são vendidos toda semana; 8 restaurantes somente no mezanino de 2 mil metros quadrados, mais instalações no subsolo; 40 ramos de atividade; 1 cozinha equipada no Espaço Gourmet para aulas de gastronomia.

Construído numa área de 12,6 mil metros quadrados, o Mercado Municipal Paulistano também se destaca pela arquitetura, com um pé direito que chega a 16 metros de altura e um acabamento sofisticado, explorando a iluminação natural com o uso de claraboias e telhas de vidro. Os vitrais de estilo gótico são outro chamariz que encantam o visitante.

O Mercadão está seguindo os protocolos de segurança oficiais e adotou medidas protetivas em prol da saúde dos colaboradores e dos visitantes. Seu horário de funcionamento também está reduzido, de terça a sábado, das 6h às 16h. Fica na Rua da Cantareira, 306, Centro de São Paulo. O site é www.mercadomunicipalsp.com.

Comente sobre esta matéria ;)