Osesp combina trilhas de sucesso de filmes e games em três concertos

Música


Apresentações do projeto Cinema e Games, que acontecem entre 8 e 10 de julho, terão regência de Wagner Polistchuk e participação da soprano Erika Muniz, do Coro da Osesp. A cineasta Marina Person será a anfitriã das três noites 
 

A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp apresenta na Sala São Paulo, entre os dias 8 e 10 de julho, uma série de concertos digna de tapete vermelho: em Cinema e Games nossa Orquestra traz, sob a batuta de Wagner Polistchuk, um programa que combina trilhas sonoras icônicas do cinema – de clássicos como PsicoseO Poderoso Chefão e E.T. – a peças orquestrais feitas especialmente para vídeo games, como Final FantasyCall of Duty World of Warcraft

No mercado dos games, que movimenta cifras maiores a cada ano, é cada vez mais comum que os jogos tenham trilhas sonoras de compositores consagrados por seus trabalhos no cinema. “Os jogos mais recentes, em sua maioria, saem com trilhas fantásticas de orquestra sinfônica. Eu digo porque também jogo”, diz o maestro – e gamer – Wagner Polistchuk. 

“A linha que perpassa o repertório de Cinema e Games é a música sinfônica e como a própria orquestra foi inserida nesse universo das telas. E o elo de passagem entre esses dois momentos do concerto é o compositor Hans Zimmer, que fez a trilha de Gladiador e escreveu também a do jogo Call of Duty. São todas composições que já foram concebidas para o formato sinfônico, não há temas adaptados para orquestras nessas apresentações”, completa Polistchuk. 

Os concertos Cinema e Games terão apresentação da cineasta Marina Person, que entre as músicas contará um pouco da história dos filmes e games escolhidos. O violinista Davi Graton, do Quarteto Osesp, e a soprano Érika Muniz, do Coro da Osesp, também participam das apresentações como solistas. A apresentação de sexta-feira (9), às 20h, será transmitida ao vivo no YouTube da Osesp

“Com este projeto, a Osesp olha de maneira abrangente e diversificada para todas as formas possíveis e atuais de utilização de uma orquestra. Para além do nosso papel de preservação da tradição sinfônica, estamos atentos para as novas tecnologias e como elas mudaram as formas de entretenimento e de fruição cultural. Nesses concertos vamos perceber o quanto a sonoridade de uma orquestra é fundamental para a cultura geek”, afirma Marcelo Lopes, Diretor Executivo da Fundação Osesp. 

O projeto Cinema e Games conta com patrocínio da CBMM por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A CBMM, líder mundial na produção e comercialização de produtos de nióbio, é parceira da Osesp em projetos educativos e esteve com a Orquestra até mesmo em turnê internacional. “Acreditamos no poder de transformação através da cultura e para nós é muito importante ter parceiros de excelência mundial como a Osesp. Como empresa que transforma o mundo através da tecnologia, a CBMM tem orgulho de poder ajudar a propiciar um concerto digital que rompe barreiras físicas e de acesso. Poder levar um pouco da Osesp e da Sala São Paulo para Araxá – MG e o estado de Minas Gerais é algo muito especial nesse momento”, diz Giuliano Fernandes, Gerente de Comunicação e Marketing da CBMM. 

Realização: Fundação Osesp, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e Secretaria Especial da Cultura — Ministério do Turismo — Governo Federal. 

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp 

Criada em 1954, é uma das mais importantes orquestras da América Latina. Desde 2020, tem o suíço Thierry Fischer como Diretor Musical e Regente Titular, tendo sido precedido, de 2012 a 2019, por Marin Alsop, que agora é Regente de Honra. Em 2016, a Osesp esteve nos principais festivais da Europa e, em 2019, realizou turnê pela China. No mesmo ano, estreou projeto em parceria com o Carnegie Hall, com a Nona Sinfonia de Beethoven cantada ineditamente em português. Em 2018, a gravação das Sinfonias de Villa-Lobos, regidas por Isaac Karabtchevsky, recebeu o Grande Prêmio da Revista Concerto e o Prêmio da Música Brasileira. 

Wagner Polistchuk 

Regente Principal da Orquestra Sinfônica da USP em 2012-14, o maestro brasileiro Wagner Polistchuk foi Diretor Artístico da Camerata Antiqua de Curitiba de 2009 a 2011, Regente Adjunto da Orquestra Sinfônica de Santo André e também Diretor Artístico e Regente Titular da Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina. Tem se apresentado à frente de importantes orquestras brasileiras e também no exterior, como a Sinfônica de Mendoza na Argentina, a Sinfônica Nacional em Lima no Peru, a Hermitage Orchester na Suíça, a Orquesta Sinfónica de la UANL em Monterrey, México e Filarmônica de Kielce na Polônia. Em 1990, especializou-se como solista de trombone na Alemanha com Branimir Slokar. No Brasil, paralelamente às atividades como trombonista, iniciou estudos de regência tendo como primeiro professor o maestro Eleazar de Carvalho, bem como Dante Anzolini, Ronald Zollmann, Andreas Spörri, Roberto Tibiriçá e Kurt Masur. Destacou-se em diversos concursos como o V Concurso Latino-Americano de Regência Orquestral (1998), obtendo o segundo lugar, foi premiado no Concurso Internacional de Regência Prix Credit Suisse, em Grenchen, Suíça (2002), e vencedor no Concurso para Jovens Regentes Eleazar de Carvalho (2002). 

A Osesp e a Sala São Paulo são equipamentos do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, gerenciadas pela Fundação Osesp, Organização Social da Cultura. 


| PROGRAMA | 

OSESP E POLISTCHUK: CINEMA E GAMES 

ORQUESTRA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
WAGNER POLISTCHUK
 regente
DAVI GRATON violino
ÉRIKA MUNIZ soprano
Charles CHAPLIN | Tempos Modernos: Smile
Bernard HERRMANN | Um Corpo que cai: Cena de Amor
Bernard HERRMANN | Psicose: Suíte
Nino ROTA | O Poderoso Chefão: Tema de Amor
Amarcord [Orquestração de Stelvio Cipriani]

Ennio MORRICONE | Cinema Paradiso: Tema e Tema de Amor
John WILLIAMS | E.T.: Tema Principal
John WILLIAMS | A Lista de Schindler: Tema
Hans ZIMMER O Gladiador: Suite
Hans ZIMMER Call of Duty – Modern Warfare 2: Tema
Garry SCHYMAN | Bioshock: The Ocean on his Shoulders
Tommy TALLARICO | Advent Rising: Muse
Nobuo UEMATSU | Final Fantasy: Main Theme
Martin O’DONNELL / Michael SALVATORI | Halo 3: One Final Effort
Greg EDMONSON | Uncharted – Drake’s Fortune: Nate’s Theme
Jason HAYES | World of Warcraft: Seasons of War

SERVIÇO
8 de julho, quinta-feira, às 20h
9 de julho, sexta-feira, às 20h
10 de julho, sábado, às 16h30Endereço: Sala São Paulo | Praça Júlio Prestes, 16Taxa de ocupação limite: 480 lugaresRecomendação etária: 7 anos Ingressos*: Entre R$ 50,00 e R$ 100,00 (25 e 26/06)

Bilheteria (INTI): https://osesp.byinti.com/(11) 3777-9721, de segunda a sexta, das 12h às 18h.Cartões de crédito: Visa, Mastercard, American Express e Diners.
Estacionamento: R$ 28,00 (noturno e sábado à tarde) e R$ 16,00 (sábado e domingo de manhã) | 600 vagas; 20 para portadores de necessidades especiais; 33 para idosos. 

* Estudantes, pessoas acima dos 60 anos, jovens pertencentes a famílias de baixa renda com idade entre 15 e 29 anos, pessoas com deficiências com até um acompanhante e servidores da Educação das redes estadual e municipal têm desconto de 50%, mediante comprovação em todas as atividades.

Comente sobre esta matéria ;)