Mostra Cultural apresenta trabalhos de apoio a criança com câncer

Compaixão em forma de arte

Gesto para apoiar irmão gêmeo com câncer é foco de exposição de crianças de 4 anos da Rede Municipal de Ensino

 

Cidadania e solidariedade são valores adquiridos desde cedo. E esses ensinamentos já fazem parte do dia a dia dos pequenos da unidade educacional CEMEI Mário Quintana, em Osasco, sob o comando da orientadora e professora Vanessa Alvarenga Maia Nogueira.

Os alunos com idade 3 a 4 anos do Maternal II são os autores da Mostra Cultural Pequenos Artistas – Grandes Desbravadores, que acontecerá no dia 07, a partir das 8h, no Centro de Formação dos Profissionais da Educação. Eles pintaram telas em apoio ao amigo de classe Davi, paciente do Instituto ITACI – referência no tratamento do câncer infantil. 

 

A iniciativa partiu de um linda atitude de Caio, irmão gêmeo de Davi Almeida Paulino. Diariamente ele pede aos coleguinhas, que juntem-se a ele para orar pela recuperação do irmão com câncer. O gesto e o relacionamento humanizado cativaram a professora, idealizadora de várias atividades artísticas com foco nesse olhar sensível e cuidadoso com o próximo. 

 

A solenidade contará com inúmeras autoridades e os desenhos serão doados ao Instituto ITACI. “É muito emocionante saber que essa corrente do bem tem o protagonismo das crianças, que rapidamente aprendem a se colocar no lugar do outro. E é um prazer ver de perto essa demonstração de amor e respeito ser transformada em arte por educadores especializados. O Instituto ITACI acolhe essa exposição com muito orgulho e carinho”, diz Vagner Carvalho, superintendente da Fundação Criança.

 

Os alunos fazem parte de uma das 140 unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino. “O papel da escola é preparar crianças e jovens para serem cidadãos mais conscientes, críticos e participativos buscando alternativas inovadoras que estimule os bons valores e posturas aos pequenos, logo nos primeiros anos de vida. Pois, sabemos que as chances de se tornarem adultos éticos e socialmente saudáveis aumentam muito”, explica a secretária de Educação Ana Paula Rossi. 

Comentários no Facebook