Memorial da América Latina recebe encontro sobre relações entre América Central e Estados Unidos

Cidade

Programa de extensão universitária Realidade Latino-Americana acontece no dia 8 de maio e discute os efeitos da imigração das caravanas de centro-americanos rumo ao Norte

O próximo encontro do curso de extensão universitária Realidade Latino-Americana, uma parceria entre o Memorial da América Latina e a Unifesp, acontece no dia 8 de maio, às 14h, sobre o tema “A América Central e a América do Norte: assimetrias e dinâmicas migratórias”. A aula será ministrada pelos professores Silvina Romano (UBA) e Raúl Benitez Manaut (UNAM).

A partir de uma perspectiva que considera a busca por esperança na imigração da América Central para a América do Norte em condições precárias, o encontro propõe um duplo desafio: construir um panorama dessa inter-relação, marcada pelas assimetrias, e refletir sobre um dos seus mais palpáveis efeitos colaterais, as caravanas de centro-americanos rumo ao Norte, passando pelo México – um ator relevante nessa triangulação regional.

A Profa. Dra. Silvina Romano irá abordar a assistência para o desenvolvimento provida pelos EUA, atrelada a reformas institucionais neoliberais, que não promoveram justiça social, tendo como base os casos da Guatemala e Honduras no contexto da transição democrática. Na segunda apresentação, o Prof. Dr. Raúl Benítez Manaut falará sobre o seu trabalho de investigação sobre as questões sanitárias, geopolíticas e de securitização da imigração centro-americana para os EUA, em que o México exerce um papel relevante no século XXI.

O curso é on-line e os interessados em participar devem solicitar o link pelo e-mail [email protected].

Comente sobre esta matéria ;)