Mars valoriza liderança feminina e aumenta seu quadro total de mulheres em cerca de 1% ao ano

Cidade

A bandeira da diversidade no trabalho e a valorização das competências femininas, priorizando oportunidades igualitárias entre os gêneros, vêm caminhando a passos largos nas discussões das maiores empresas do mundo. Muitas organizações já reconhecem a urgência da demanda por mais representatividade e já têm desenvolvido práticas de atração de talentos voltadas para o desenvolvimento de lideranças femininas.

 

Na Mars, uma das maiores empresas de alimentos do mundo com marcas líderes como PEDIGREE®, ROYAL CANIN®, WHISKAS®, OPTIMUM™, EUKANUBA™, M&M’S®, SNICKERS®, TWIX®, UNCLE BENS® e outras, a alta participação de mulheres em cargos de liderança é incentivada por meio de treinamentos de capacitação, promoções recorrentes e iniciativas que visam aproximar as profissionais líderes e debater a importância de seus papeis nas estratégias de negócio, além de oferecer diferenciais em gestão, como por exemplo, o programa Trabalho. Vivo. Aproveito, que promove o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, bem-estar e qualidade de vida.

 

Com práticas modernas para o ambiente de trabalho, o programa Trabalho. Vivo. Aproveito visa, entre outras coisas, facilitar também a jornada da mulher que é mãe, dona de casa e profissional. Ações como licença maternidade estendida, cesta maternidade, auxílio creche, espaço de apoio à amamentação no escritório, permissão de levar um acompanhante para apoiar com o cuidado ao bebê durante a amamentação, horário flexível de trabalho, possibilidade de home-office até 2 dias por semana, expediente reduzido às sextas-feiras e serviços como manicure e massagista nos escritórios estão entre os destaques da iniciativa, que valoriza não só a diversidade feminina, como também a qualidade de vida de todos os associados (funcionários) da Mars.

 

Estudos mostram que as empresas com mais mulheres na liderança são mais propensas a crescer e performam melhor que seus concorrentes, com rendimentos de investimentos 66% mais elevados, rendimentos de 53% em patrimônios e 42% a mais em vendas. A Mars tem orgulho de seu pipeline de liderança, que inclui mulheres de talento, embora saiba que há oportunidades de avançar ainda mais a diversidade nos cargos de liderança.

 

A empresa estende seu propósito diante da igualdade de gênero no trabalho e empoderamento feminino com compromissos globais que vão além de suas atuações nos escritórios e fábricas. Em 2017, por exemplo, líderes da Mars juntaram-se a outras 25 grandes empresas em torno da “Aliança sem Estereótipo”, lançada pela ONU Mulheres, para afirmar seu compromisso com uma agenda universal de enfrentamento a estereótipos de gênero na publicidade. No pacto, a Mars se compromete a desenvolver roteiros e ferramentas para estabelecer padrões para a criação de conteúdo e alcançar retratos progressivos de gênero. Ela e outras empresas signatárias decidiram definir metas de diversidade para a força de trabalho, em particular em cargos seniores e criativos, incluindo métricas, transparência e responsabilidade, tendo em vista um impacto substancial até 2020.

 

No Brasil, dentro dos três segmentos em que a Mars atua – Alimentos, Alimentos para Animais de Estimação e Chocolates & Balas – 37% dos cargos de liderança (gerentes e acima) são ocupados por mulheres. Hoje, elas estão distribuídas em maior número em áreas da companhia como Assuntos Corporativos (89%), RH (74%) e Marketing (65%), e também naquelas que eram consideradas essencialmente masculinas como Jurídico (67%), Finanças (42%) e Vendas (35%).

 

A Mars cresce, ano após ano, em seus índices de engajamento entre os associados (funcionários), o que reforça sua visão de longo prazo em investimentos, ótimo clima organizacional e incentivo ao potencial de seus profissionais para formação de lideranças. Só no último biênio (2016-2017), 34% das promoções em cargos de liderança no Brasil foram para mulheres. Globalmente, a Mars já conta com mais de 41% de presença feminina nas posições gerenciais e apresenta um crescimento médio de 1% ao ano no número de mulheres em seu quadro total de profissionais.

 

No Brasil, o incentivo continua com a existência de um Fórum de Liderança Feminina, criado pela Mars para compartilhar as melhores práticas de mercado relacionadas a diversidade de gênero, avaliar iniciativas para atração e retenção feminina e, ainda, debater o papel das mulheres nas estratégias dos negócios. O Fórum conta com a presença de associados Mars, inclusive homens, que se dividem em três pilares de trabalho – Pipeline, Cultura e Comunicação, tendo um dos Presidentes da Mars Brasil como padrinho.

 

Como uma das maiores indústrias globais de alimentos, a Mars reconhece que a demanda por representatividade feminina é urgente e que, portanto, é seu papel também influenciar as mudanças positivas na sociedade, mantendo a sua jornada de atuação para a diversidade e trabalhando para que seus negócios permaneçam por muitas gerações, de forma ética e benéfica a todos.

Comente sobre esta matéria ;)