Maria Rita se apresenta na #ViradaSP Online

Música

Evento deste final de semana transmite apresentações de Maria Rita, Alice Marconi e BNegão e os Seletores de Frequência, ao vivo do Teatro Sérgio Cardoso pela plataforma #CulturaEmCasa

Neste sábado, 27 de fevereiro, a plataforma #CulturaEmCasa transmite a #ViradaSP Online das 12h até à 0h, o evento é uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, com gestão da Organização Social Amigos da Arte, e será realizado em parceria com a cidade de Votuporanga. Ao todo, nesta edição, serão 21 atrações, sendo 3 lives transmitidas ao vivo do Teatro Sérgio Cardoso e 18 espetáculos locais, totalizando 13 horas de programação.

Ao vivo, do Teatro Sérgio Cardoso, serão realizados os shows da cantora Maria Rita, da cantora Alice Marconi, a primeira mulher trans no sertanejo, e do grupo BNegão e os Seletores de Frequência, conhecido como um verdadeiro “Baile de Música Negra Universal”. O evento consolidou-se no calendário cultural do estado de São Paulo, reunindo grandes nomes de diferentes linguagens artísticas e divulgando a cultura local das cidades paulistas para todo Brasil.

(Confira a programação abaixo) .

A cidade de Votuporanga foi selecionada a partir de chamada pública realizada por intermédio do programa #JuntosPelaCultura. As atrações da #ViradaSP Online que representarão as manifestações artísticas da cidade como o teatro, a música e a dança serão os espetáculos de dança Resiliência com Grupo Almagêmea, o espetáculo teatral MNEMONIA: Um poeta e suas inquietações, apresentação da Camerata Villa-Lobos de Votuporanga, o espetáculo Crônicas de Nelson: A vida com ela é, Contos de Carnaval, com o grupo Abayomi Cia de Teatro, além de uma entrevista com secretária de cultura, Janaína da Silva.

Com histórico de luta feminista significante, Votuporanga possui coletivos que expressam a força da mulher tanto na arte quanto pela luta de direitos e igualdade de gênero. Para destacar a arte e o feminismo a programação traz um bloco dedicado às mulheres. Como destaque está a apresentação do grupo Coletivo Panapanãs, da performance Pan Poesia, baseada em poemas e fotografias com as artistas Ester Alkimim e Isabela Junqueira e uma entrevista com Terezinha Gonzaga, integrante da Rede Panapanã de Mulheres do Noroeste Paulista.

Já para representar a música, o canto e as escolas de coral do município estão as atrações: Clássicos 50 & 60 com Canevettes Rock’n’roll Band, a Banda Musical “Zequinha de Abreu” de Votuporanga, o coral Canto Livre e a entrevista com o professor de canto Marcio Zarci.

Por fim, para ilustrar a arte urbana e suas manifestações estão a apresentação do rapper MAYK, artista em ascensão na cena do rap atual, da ação Brisa Cultural que envolve intervenções culturais como o grafite, rap, hip hop, todas realizadas por artistas locais, além de entrevistas com personagens como o historiador Diogo Vicentini.

“O formato digital, via plataforma #CulturaEmCasa, permite difundir amplamente e de forma gratuita a produção cultural das mais variadas linguagens de todas as regiões de São Paulo para o restante do Brasil e para outros países, além de apresentar e destacar as características turísticas de cada cidade selecionada no programa #JuntospelaCultura. E este é o objetivo tanto da #ViradaSP Online como da plataforma”, afirma Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Sobre a plataforma #CulturaEmCasa

A plataforma #CulturaEmCasa foi lançada no dia 20 de abril de 2020 pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Seu objetivo é ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuito. Nos nove primeiros meses, registrou cerca de 2,9 milhões de visualizações e 2,2 mil conteúdos disponibilizados. A plataforma reúne também conteúdos inéditos das instituições da Secretaria, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, o Museu da Imagem e do Som, o Museu do Futebol, o Museu da Diversidade Sexual, a São Paulo Companhia de Dança e o Projeto Guri. O conteúdo também é gerado por instituições parceiras e por artistas e produtores culturais independentes, que são remunerados pelo licenciamento. Trata-se, portanto, de um instrumento de geração de renda e oportunidades para o setor cultural e criativo de São Paulo. Na plataforma também é possível acessar a programação especial, transmitida em novembro, mês da Consciência Negra. Entre as principais atrações estão o I Festival Cinema Negro em Ação, o lançamento do Museu Itamar Assumpção (MU.ITA), com show de Anelis Assumpção.

Realizado também pela plataforma, o Festival #CulturaEmCasa apresenta lives de artistas representativos da diversidade cultural de São Paulo, como Renato Teixeira, José Celso Martinez Corrêa, Supla, Sérgio Mamberti, Tom Zé, André Abujamra, Cássio Scapin, Erasmo Carlos, o pianista Marcelo Bratke, Paula Lima e Alaíde Costa, Digão (Raimundos), João Suplicy, Lucy Alves e Rodrigo Penna, Dom Salvador e Bavini.

Há também as lives do Intensivão #CulturaEmCasa. O Intensivão é uma série de aulas e palestras com temas diversos relacionados à arte e à criatividade. Já participaram nomes como Marcelo Tas, Débora Tabacof, Estéfi Machado, Ivam Cabral, Rita Von Hunty e Dona Jacira, Paulo Jackson (do Museu Catavento), Renata Lipia, William Coelho e Rogério Zaghi (Osesp), Moreira de Acopiara, Donny Correia, entre outros.

Ainda no formato live, a plataforma #CulturaEmCasa também lançou no dia 29 de junho de 2020, o programa #DiálogosNecessários, que reúne pensadores e profissionais de diversas áreas para reflexões plurais com abordagens diversificadas e antagônicas. Os encontros são moderados pelo ensaísta e professor de Literatura João Cezar de Castro Rocha e pelo jornalista Martim Vasques da Cunha. E de setembro a outubro, a plataforma exibiu o #SPGastronomia com lives de renomados Chefs, como André Boccato, Morena Leite e Mohamad Hindi.

ViradaSP Online – Votuporanga

12h: Resiliência com Grupo Almagêmea

12h40: Espetáculo MNEMONIA – Um poeta e suas inquietações

13h30: Camerata Villa-Lobos de Votuporanga

14h30: Espetáculo: Crônicas de Nelson: A vida com ela é

15h10: Contos de Carnaval, com Abayomi Cia de Teatro

15h40: Alice Marcone

16h50: PanPoesia, com Ester Alkimim e Isabela Junqueira

17h20: Canto Livre

18h: Maria Rita

19h30: Clássicos 50 & 60 com Canevettes Rock’n’roll Band

20h20: Banda Musical “Zequinha de Abreu” de Votuporanga

21h: Brisa Cultural – Arte Urbana

22h30: BNegão e os Seletores de Frequência

23h20: Mayk

Serviço:

Plataforma:

https://www.culturaemcasa.com.br

Comente sobre esta matéria ;)