Madeira se destaca como destino seguro e por seus atrativos imperdíveis

#AgitoSP Viagens: Internacional Viagem & Turismo

O setor de turismo já começa a colher os bons frutos dos avanços da vacinação contra a Covid-19. Com essa evolução, muito destinos anunciaram a reabertura de suas fronteiras, inclusive para viajantes brasileiros. E Portugal, onde se situa a região da Madeira, é um deles. Dotada de muitas belezas naturais, diferentes das encontradas no continente, o destino tem muito a oferecer aos seus visitantes.

Reaberta ao turismo internacional desde a metade de 2020, a Madeira apostou em medidas sanitárias eficazes com relação à pandemia e se destacou como um destino seguro aos viajantes, mantendo baixos números de casos de Covid-19 e uma boa taxa de vacinação da população. Esses resultados, somados à sua completa estrutura turística, torna o local um excelente destino para as próximas férias.

O arquipélago de origem vulcânica é formado por um conjunto de ilhas que pertencem a Portugal, sendo as principais as ilhas Madeira e Porto Santo. A primeira é a maior e principal do arquipélago, com atrativos que encantam os seus visitantes. Sua capital, Funchal, tem ares cosmopolitas que se misturam à história e cultura local, caso do Centro Histórico, que surpreende a cada canto com edifícios antigos, como o colorido e agitado Mercado dos Lavradores. Outras atrações emblemáticas que não podem faltar no roteiro de viagem são os passeios em Carros de Cesto, os jardins espalhados por toda a cidade e o passeio de teleférico, de onde se avista a imensidão do Oceano Atlântico.

Um dos principais atributos da Ilha da Madeira são suas paisagens naturais. E, por isso, é o destino perfeito para atividades ao ar livre e de contato com a natureza, tendências para as viagens no pós-pandemia. Por entre estradas ou levadas, há sempre um lugar onde se pode curtir vistas impressionantes de cachoeiras, vales, montanhas e falésias. Esses lugares proporcionam experiências inesquecíveis, como assistir ao nascer do sol de uma montanha, aproveitar um café da manhã acima das nuvens, nadar em uma piscina natural ou ver de perto a exuberante Floresta Laurissilva, considerada Patrimônio Natural da Humanidade.

Ainda sobre os cenários naturais, Porto Santo, a outra ilha habitada do arquipélago, é para quem gosta de praia. Seus extensos areais percorrem praticamente toda sua costa sul e se unem ao mar azul-turquesa. O clima é ideal para passar o dia todo na praia, relaxando e curtindo o sol e a areia, que tem propriedades terapêuticas comprovadas. A água do mar também é usada em tratamentos de talassoterapia, devido às quantidades elevadas de elementos benéficos para a saúde.

Vale ressaltar a gastronomia saborosa local, um encanto à parte. Por ser um destino insular, sua base são frutos do mar, como as lapas – um tipo de molusco local – e peixes, como o espada-preto. Outro prato delicioso é a “espetada”, churrasco de carne bovina que sempre é acompanhado de milho frito e de Bolo-do-Caco com manteiga de alho. Para os amantes dos vinhos, a região conta com o esplêndido (e delicioso) Vinho Madeira. Servido como aperitivo ou digestivo, é um vinho fortificado com longevidade que pode alcançar séculos, produzido nas encostas e adegas da Ilha da Madeira.

Requisitos de entrada para turistas

Para entrar em Portugal, o viajante brasileiro deve apresentar um exame RT-PCR com resultado negativo, realizado até 72 horas antes da viagem, ou de um teste rápido de antígeno, realizado até 48 horas antes do voo. Essa medida é válida mesmo para os turistas que já completaram o ciclo de vacinação no Brasil. Todos os passageiros devem preencher o formulário Passenger Locator. Crianças menores de 12 anos não precisam apresentar o teste.

Na chegada à Madeira, viajantes também devem portar um exame. Os visitantes que apresentam o teste na entrada podem realizar o exame de forma gratuita no fim da viagem, para apresentar o resultado aos destinos que o exigem para o retorno, como é o caso do Brasil. No destino, turistas que comprovem estarem completamente vacinados estão isentos de apresentar o resultado. Essa medida é válida para qualquer imunizante contra a Covid-19.

Desde sua reabertura, além da apresentação do resultado negativo no aeroporto, a Madeira foi pioneira em criar uma cartilha de boas práticas, assim como o aplicativo Madeira Safe, que facilita a identificação e contato com os turistas e digitalização dos documentos exigidos. O governo local também investiu na certificação de gestão de riscos biológicos para os estabelecimentos turísticos.

Com mais de 250 mil habitantes, o Arquipélago da Madeira agiu com rapidez para controlar o vírus em seu território. Atualmente, conta com apenas 112 casos ativos dos 11.994 confirmados durante toda a pandemia. O destino já contabiliza 83% da população com a imunização completa contra a Covid-19.

Comente sobre esta matéria ;)