Dia Mundial do Gato com lançamento de podcast só para gateiros

Pets

Mais de 50% dos tutores de gatos consideram o animal como um filho ou membro da família

Em 08 de agosto é celebrado, mundialmente, o Dia do Gato. A data foi instituída em 2002 pela International Fund For Animal Welfare, com um objetivo muito importante: conscientizar tutores sobre a importância dos cuidados com os felinos, a fim de garantir sua saúde e bem-estar. E com o mesmo objetivo, a ROYAL CANIN®, marca líder em Nutrição Saúde para gatos e cães, lançará neste próximo sábado, no Spotify e outros streamings, o canal de podcast “Papo de Gato”, com conteúdo 100% voltado a tutores, trazendo dicas de saúde, informações sobre nutrição e comportamento da espécie, a qual cresce mais que o dobro da população de cães nos lares brasileiros, considerando dados dos últimos 6 anos, segundo o IBGE. 

Apresentado pela produtora de conteúdo, e tutora de 5 gatos, Ana Carolina Rocha, a primeira temporada do programa terá 18 episódios, que irão ao ar toda segunda-feira, e abordarão a jornada do tutor com seu gatinho, desde a adoção até o envelhecimento, sempre reforçando questões relacionadas à saúde do animal, como a importância de levá-lo ao Médico-Veterinário e oferecer uma nutrição adequada às suas necessidades. Os episódios contarão com a presença de um Médico-Veterinário da ROYAL CANIN®, especialistas em saúde felina e convidados especiais. 

Em homenagem ao Dia do Gato, o primeiro episódio estará disponível já neste sábado, 08/08, e terá como tema “Adotei/encontrei um gatinho, o que eu faço?”, com a intenção de explicar os principais cuidados para tutores de primeira viagem. A estreia contará com a participação de Susan Yamamoto, uma das fundadoras da ONG Adote um Gatinho – organização não governamental que busca lares para gatos abandonados e trabalha para conscientizar as pessoas sobre a importância da castração e guarda responsável. 

Com o compromisso de fazer um mundo melhor para os pets, oferecendo saúde por meio da nutrição, o canal de podcast “Papo de Gato” é mais uma iniciativa alinhada aos esforços da marca para conscientizar os tutores sobre a saúde e cuidados necessários com os felinos. “O lançamento do nosso podcast é um presente para os gateiros neste Dia Mundial do Gato, mas também o pontapé inicial da campanha #MeuGatoNoVet, lançada globalmente pela marca em 2019, mas que neste ano será 100% digital devido ao cenário de isolamento social”, explica Gláucia Gigli, Diretora de Marketing da ROYAL CANIN® Brasil. 

Canal no Spotify: http://open.spotify.com/show/6iGGfuZ5JZXYXCcmupDEUk
Brasileiros cada vez mais gateiros 

O aumento da população de felinos nos lares brasileiros se deve muito à mudança no estilo de vida das pessoas e às próprias características do animal, que são mais independentes que os cães e de fácil adaptação a ambientes pequenos, como apartamentos. E junto com este crescimento, a percepção dos tutores em relação aos seus gatos também mudou. A pesquisa nacional da CVA Solutions, realizada em fevereiro deste ano, com mais de 2 mil tutores de gatos, mostrou que 33,2% das pessoas consideram seu felino como um filho – um crescimento de 12,8% em relação a 2014. Os resultados ainda revelaram que 22,1% consideram o gato como um membro da família. Isso significa que 55,3% dos tutores desenvolveram uma relação de muita afetividade com os bichanos, fazendo com que estes animais desempenhem um papel não só de companheiros, mas de provedores de amor e bem-estar emocional para os seres humanos.  

A pesquisa da CVA também identificou que, atualmente, 67,7% dos gatos vivem dentro das casas, representando um aumento de 5,2% se comparado a 2014. “É um crescimento tímido, mas importante, o qual queremos incentivar. O gato que vive dentro de casa fica, naturalmente, mais próximo do tutor e sua saúde é observada com mais atenção. Além, é claro, do animal ficar menos exposto aos riscos de contrair doenças, sofrer um acidente ou mesmo se perder nas ruas”, explica Gláucia. 

Já quando o assunto é gasto com o pet, a pesquisa mostrou que tutores de gatos investem, em média, R﹩ 297,00 por mês em cuidados com o animal, incluindo plano de saúde, Médico-Veterinário, vermífugo, vacina, antipulga, comida e areia sanitária. Na hora de comprar produtos, 37,5% relataram que escolhem pet shops de bairro e 23,1% as mega pet shops. A proximidade à loja é o principal fator pela escolha do local de compra.

Comente sobre esta matéria ;)