Exposição “C I N C O S: do individual ao coletivo e vice-versa” retrata o processo criativo de obras de artes visuais

 

Aberta ao público, mostra gratuita fica em cartaz de 16 de agosto a 20 de setembro no Espaço Cultural Vértice

 

Como o processo criativo de obras de artes visuais acontece com cada artista é o mote da exposição gratuita “C I N C O S: do individual ao coletivo e vice-versa”. Em cartaz na Galeria do Espaço Cultural Vértice, no Campo Belo, de 916de agosto a 20 de setembro, a mostra reúne cinco artistas em formação que integram o grupo “oNúcleo”, dedicado a fomentar discussões sobre processos de criação e produção de artes visuais, em São Paulo.

 

A exposição apresenta, além de obras individuais, uma ação coletiva sob o conceito de “limiar das produções artísticas”, ou seja, o ponto de partida para as criações tomarem forma. “Há um ano fizemos uma proposta para que eles refletissem sobre o que antecede a criação de uma obra, quais reflexões e planejamentos precisam ser feitos para um artista executar um trabalho significativo em termos de arte”, explica Rubens Pontes, curador da mostra e coordenador do grupo “oNúcleo”, assim como os reconhecidos Elias Muradi e Mila Thiele.

 

Durante meses, os artistas participaram de workshops para aflorar a discussão do tema e então partiram para as produções feitas com técnicas e materiais diversos, como pintura em madeira, plástico, montagem com tecidos, entre outros. “Quem visitar a exposição terá a oportunidade de entender como os artistas expressaram o momento inicial que antecede a ação artística e ainda descobrir que a fluidez de seus pensamentos resulta em trabalhos vibrantes”, completa Rubens, que também é coordenador de Artes Visuais do Espaço Cultural Vértice.

 

Para o público de todas as idades, a mostra pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 19h30, na Rua Vieira de Morais, 217. No dia da abertura, 9 de agosto, a partir das 18h, haverá vernissage com a presença dos artistas.

 

Sobre os artistas membros do grupo “oNúcleo”

Angela Camata

Fez uma mostra individual (“O que quase ninguém vê”) na Galeria ABRA (Academia Brasileira de Artes), onde é professora e orientadora de processo criativo de pintura e desenho.

 

Antonio Gama

Arquiteto urbanista de formação, já apresentou suas obras em mostras nacionais, como a VII Mostra de Arte Contemporânea da Universidade Federal Fluminense.

 

Corina Ishikura

Formada em Letras, decidiu se dedicar às artes em 2013. Desde então, participou de exposições coletivas e individuais em Brasília e São Paulo.

 

Juliana Baumann

Advogada e artista plástica, divide seu tempo entre o Direito e a arte de pintar. Seu trabalho tem como ponto de partida a mistura das tintas tal como um ritual de concentração para o desenvolvimento de abstrações que convivem ora por um traçado mais definido, ora pela mistura das cores e de outros elementos.

 

Vera Diniz

Estudou pintura na ABRA. Participou de diversas exposições e mostras individuais e coletivas, como uma edição da Grande Exposição de Artes Bunkyo, em 2013.

 

 

Serviço Exposição “C I N C O S: do individual ao coletivo e vice-versa”

Funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 9h30 às 19h30​ – até 20/09

Abertura: 16 de agosto, às 18h
Local:
 Espaço Cultural Vértice (R. Vieira de Morais, 197-217)
Telefone (11) 5090-1645
E-mail: espacocultural@verticeespacocultural.com.br
Site: verticeespacocultural.com.br
Aberta ao público
Classificação livre
Entrada gratuita

Comentários no Facebook