Expedição Brasiliana no IC para Crianças

Cidade Kids

No IC para Crianças dessa semana o público confere o último episódio da segunda temporada de Expedição Brasiliana

O projeto, cuja referência é a Coleção Brasiliana, que reúne um vasto acervo acerca das histórias do Brasil, fecha a segunda edição, que teve como temática anatureza. A temporada seguinte terá como assunto asdiferentes cidades e suas diferentes construções. Ao logo dasemana, na grade do IC para Crianças, também estarão disponíveis para acesso aulas de dança e criação e vivência musical

O IC para Crianças segue nesta semana com a programaçãocomposta pelas atividades vivências musicais, quinzenalmente sempre às segundas-feiras, aulas de criação, às terças-feiras,de dança, aos domingos, e Expedição Brasiliana toda sexta-feira. Elas podem ser acessadas tanto pelo site www.itaucultural.org.br quanto no Youtube https://www.youtube.com/user/itaucultural do Itaú Cultural.Todos os conteúdos, desde o início do projeto, em maio deste ano, estão disponíveis na íntegra, para serem acessados a qualquer momento nestes endereços eletrônicos. Segue abaixo a grade da programação que acontece entre os dias 20 e 24 de novembro. 

Expedição Brasiliana

O último episódio da segunda temporada desta série vai ao ar no dia 20 (segunda-feira), com o título Diversão na Cozinha: Preparando Pão. Nela, os educadores do Itaú Culturalpropõem o preparo de uma receita simples de pão de leite, para que os participantes possam cozinhar e entender a responsabilidade e cuidados necessários na cozinha. Além do preparo do pão, será apresentada também possibilidades para sua decoração. Essa receita vem de encontro com a temática abordada na temporada ao explorar a natureza dos alimentosem diálogo com aquela que compõe os indivíduos.

A série é inspirada na Coleção Brasiliana, que reúne um dos mais completos acervos da produção artística sobre o país,desde a chegada dos colonizadores até o início do século XX, mostrando diferentes histórias do Brasil. Na semana seguinte estreia a terceira temporada deste projeto, que tem envolvido famílias de todo o país em expedições dentro da própria casa.

Cada vídeo é acompanhado de material complementar, publicado no site do Itaú Cultural, aprofundando e expandindo as temáticas apresentadas, além de três ilustrações que têm a ver com a temática do episódio. Ficam disponíveis, também, páginas para baixar materiais complementares, como, no caso do últimoepisódio da segunda temporada, de uma tabela com espaço para anotar a receita, os ingredientes utilizados e modo de preparo. Os vídeos, produzidos pelos educadores do Itaú Cultural, duram cerca de 15 minutos, com transmissão em Libras e com legendas.

Vivências Musicais

No dia 23 (segunda-feira), o diretor, ator, músico, compositor, pesquisador da cultura brasileira e fundador da Trupe Trupé, Felipe Edmo, segue conduzindo a atividade. Ele parte de uma brincadeira e cantiga tradicional para entrelaçar a ação de lavar a roupa com a composição musical.

Dança

A educadora e bailarina Viviane Fontes, no dia 22 de novembro (domingo), entra no clima de Natal e aborda uma das histórias mais tradicionais dos balés de repertório: O Quebra Nozes. Ela ensina um passo de balé que exigirá fôlego e força. Em seguida, faz uma coreografia para comemorar o clima festivo.

Criação
O artista visual e educador Gustavo de Magalhães continua explorando possibilidades de se trabalhar o movimento a partir de dobras, cortes e colagens com papel. Em sua segunda aula, no dia 24 (terça-feira), ele cria fantoches com ummecanismo que funciona com o abrir e fechar das mãos para dar movimento ao boneco.

Sobre os professores

Filipe Edmo é diretor, ator, músico, compositor e pesquisador da cultura brasileira. Atou como professor de música, dança e teatro em diversas escolas e instituições pela capital paulista e grande São Paulo. Fundador da Trupe Trupé, grupo de música infantil, já compôs e gravou com diversos nomes da música brasileira, como Ney Matogrosso, Zeca Baleiro, Filipe Catto, Tião Carvalho, Fortuna e Palavra Cantada. Integrou a equipe do Instituto Brincante como artista e educador e fundou a Fervo Produções, uma produtora especializada na pesquisa e difusão das manifestações populares brasileiras. Junto a Paulo Tatit (Palavra Cantada) criou o projeto Siricutico, uma série de oficinas que em 2020 transformou-se em shows, vídeos e muitas músicas e brincadeiras inéditas de autoria da dupla.

Gustavo de Magalhães é artista visual e sempre gostou de brincar com papel. Trabalhou por mais de 15 anos produzindo peças e bonecos para a publicidade e o cinema. Atualmente, à frente da Oficina Cana-de-Açúcar, desenvolve trabalho autoral em livros de artista e livros pop-up.

Viviane Fontes é arte educadora, atriz e bailarina. Através do teatro e da dança constrói suas aulas inspirada por estes universos. Antes de mergulhar na licenciatura, trabalhou dançando em companhias e viajou por diversas cidades do Brasil conhecendo diferentes modalidades e estilos. Isso fez com que ela enxergasse a vontade das pessoas em se relacionar e respeitar as naturalidades corporais e suas expressões. Assim, uniu seu conhecimento técnico e as necessidades individuais resultando no prazer pelo movimento. Tornar a dança uma experiência prazerosa é o principal foco de Viviane.

SERVIÇO:

IC para crianças

https://www.itaucultural.org.br/

https://www.youtube.com/user/itaucultural

Com vídeos postados sempre às 11h

Dia 20 de novembro (sexta-feira)

Expedição Brasiliana

Com os educadores do Itaú Cultural 

Classificação Indicativa: Livre

Dia 22 de novembro (domingo)

Aulas de Dança

Com Viviane Fontes

Classificação Indicativa: Livre

Dia 23 de novembro (segunda-feira)

Aulas de Música

Com Felipe Edmo 

Classificação Indicativa: Livre

Dia 24 de novembro (terça-feira)

Aulas de Criação

Com Gustavo de Magalhães

Classificação Indicativa: Livre

D

Queremos saber sua opinião sobre esta matéria