Costumes e tradições de Páscoa na Turquia

#AgitoSP Viagens: Internacional Páscoa Viagem & Turismo
A festividade é marcada pelas celebrações religiosas e receitas de pães doces
Construída entre 1906 e 1912 no estilo neogótico veneziano, a Igreja de Santo Antônio foi projetada pelos arquitetos levantinos italianos Giulio Mongeri e Edoardo de Nari (Crédito: Go Türkiye)Apesar de ser um país majoritariamente muçulmano (89,5% da população, segundo pesquisa de 2019), a Turquia é um país laico, e os turcos cristãos têm suas maneiras próprias de comemorar a Páscoa. 

A Páscoa é um dos feriados mais importantes no mundo cristão, sendo celebrado na Turquia com missas, brunch generosos e receitas familiares. Como no Brasil, o feriado começa com a Semana Santa e termina no domingo de Páscoa. A celebração marca o fim da quaresma, período de jejum religioso em que nenhuma carne animal é consumida. 

Além de um feriado religioso, a Páscoa também acolhe e mantém vivas as tradições da região da Anatólia de familiares de origens armênias, assírias e gregas. 
 Uma curta caminhada da Torre Galata genovesa do século 13 até İstiklal Caddesi levará você à Igreja de Santo Antônio de Pádua. Juntamente com as igrejas católicas de Santa Maria Draperis e dos Santos Pedro e Paulo em Galata, era uma das três paróquias levantinas em Beyoğlu.Missa na Casa da Virgem Maria

Segundo a fé cristã, quatro ou seis anos após a crucificação de Jesus, São João levou a Virgem Maria para morar em um vilarejo até seus últimos anos de vida localizado nas proximidades do que hoje é a cidade de Éfeso, na Turquia. 

A Casa da Virgem Maria (Meryem Ana) é possivelmente um dos lugares mais especiais do mundo para se celebrar a Páscoa. O santuário é católico e muçulmano, localizado no monte Koressos (Bülbüldağı). A casa onde a Virgem Maria faleceu costuma realizar celebrações durante todo o período da Páscoa, mas esse ano, por conta da pandemia, as celebrações foram adiadas. 

A modesta capela conta com pedras preservadas que datam da Era Apostólica. No lado direito está um recinto menor – tradicionalmente associado com o verdadeiro quarto onde Maria dormia. Fora do santuário fica o Muro de Pedidos, em que os fieis utilizam para deixar suas mensagens preces em pequenos bilhetes de papel ou pano.

Éfeso está inscrita na lista de Patrimônio Mundial da Unesco, sendo um dos mais importantes centros de civilização, cultura, ciência e artes do mundo antigo. Nesse vídeo pode-se ter uma ideia do lugar.Pão de Páscoa (Paskalya çöreğinin)

Uma tradição importante da celebração são os Pães da Páscoa. O preparo do pão é feito sem muita massa, utilizando goma de aroeira. Alguns amassam com água, outros com leite. Há também uma variação da receita que leva chocolate. Em geral, seus formatos lembram um tricô – como nossas tranças ou roscas.

A religiosidade turca

Ao longo da história, a Turquia hospedou pessoas com inúmeras culturas e religiosidades e, hoje, uma grande variedade de monumentos importantes estão espalhados por todo o país. De templos antigos às mesquitas dos dias modernos, a Ásia Menor desempenhou um papel significativo na história das religiões com sua espiritualidade e seus numerosos locais sagrados que remontam a muitos séculos.

Uma curiosidade é que a data celebrada da Páscoa foi escolhida na Turquia, local onde ocorreu o Primeiro Concílio de Niceia, um conselho entre bispos cristãos reunidos na cidade de Niceia da Bitínia (atual İznik, na província de Bursa, na Turquia), em 325. Esta foi a primeira tentativa de alcançar um consenso na Igreja através de uma assembleia representando toda a cristandade, e uma das principais resoluções foi a definição da data da Páscoa.

Comente sobre esta matéria ;)