Academia de Música da Osesp é agora um Curso Técnico Profissionalizante

Cidade

Em 2021, ano em que completa 15 anos de atividades, a Academia de Música da Osesp vai passar também a atribuir, para os alunos que concluírem sua formação, o diploma de Curso Técnico (nas categorias Instrumento Musical e Canto), reconhecido pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e válido como Diploma Técnico Profissionalizante de Nível Médio, em todo o território nacional. Uma grande conquista para a Academia e em especial para os alunos, que agora terminam seu aprendizado com um certificado reconhecido oficialmente e ainda mais preparados para o mercado de trabalho. 

“O reconhecimento pela Secretaria da Educação dos cursos da Academia da Osesp é um marco histórico, e confirma o que seus 15 anos de vida nos contam até hoje: que a Academia, graças ao caráter verdadeiramente profissionalizante e ao treinamento intenso junto aos corpos artísticos da Fundação Osesp, contribui para a constante melhoria da qualidade das nossas orquestras e coros – que podem contar com jovens com um profundo sentido da prática profissional -, e que a partir de agora terão em mãos, além da qualidade de sempre da Academia, também um diploma reconhecido”, afirma Rogério Zaghi, Coordenador dos Programas Educacionais da Fundação Osesp. 

As inscrições para as classes de Canto acontecem de 19 a 26 de julho, e para as de Instrumento, de 22 a 26 de julho; os processos seletivos em duas etapas acontecem entre o fim de julho e início de agosto. As vagas são destinadas a alunos brasileiros e estrangeiros em situação regular e com residência fixa no Brasil, com idades que variam de 16 a 27 anos (Instrumento Musical) e de 18 a 35 anos (Canto), completados até a data limite das inscrições. Mais informações sobre os cursos podem ser obtidas em http://osesp.art.br/academia-musica

As aulas da Classe de Canto começam no dia 9 de agosto, e as da Classe de Instrumento, em 16 do mesmo mês. São ao todo 16 vagas na primeira (para Soprano, Contralto, Tenor e Baixo) e 14 vagas na segunda (Fagote, Flauta, Harpa, Oboé, Piano, Trompa, Trompete, Tuba, Violino e Violoncelo). Os alunos aprovados receberão bolsas de estudo. 

Comente sobre esta matéria ;)