A importância da música para o desenvolvimento infantil

Cidade

Confira como as canções podem contribuir para deixar o vocabulário da criançada mais rico e variado

A maneira mais fácil de proporcionar um vocabulário rico e diversificado para uma criança é inserir canções infantis desde antes do nascimento até durante os primeiros anos. Enquanto escutam e cantam, as crianças recebem estímulos que facilitarão sua inicialização na leitura, ativando o cérebro e aflorando os sentimentos.  

Cada canção é uma oportunidade para pais e filhos se divertirem juntos e fortalecerem laços afetivos. Com letras fáceis de lembrar, graças ao ritmo e a simplicidade das palavras, elas ajudam a exercitar a memória e desenvolver a concentração e o sentido de linguagem. “Quando elas escutam as músicas, mesmo que a princípio não entendam, pouco a pouco assimilam as palavras e aprofundam a compreensão de seus significados”, diz a pedagoga Ingrid Goes Lobato Franco, pós-graduada em gestão de pessoas e que há mais de 10 anos atua na elaboração do material didático de Língua Pátria do Kumon. A especialista ainda lembra que as ações lúdicas ajudam a reforçar o significado do aprendizado.

Uma imagem contendo interior, pessoa, mesa, jovem

Descrição gerada automaticamente

Divulgação

As canções infantis transmitem tranquilidade e ajudam a desenvolver concentração e percepção musical. As primeiras canções apresentadas devem ser breves, repetitivas e simples de entender. “Apesar da simplicidade, elas precisam ter letra, e não podem ser simplesmente instrumentais, pois é preciso que a criança se envolva com as palavras”, comenta a especialista. Confira mais algumas dicas para estimular as canções em família:

1.       Busque o momento adequado para envolver a canção na rotina da criança, como a hora de dormir, do banho, no caminho para escola etc.

2.       Observe as canções preferidas das crianças e dê a liberdade para ela escolher ouvir quantas vezes desejar, mas também apresente novas canções com alguma frequência.

3.       Fique atenta às músicas que a criança já consegue cantar sozinha e observe o desenvolvimento e o aprendizado acumulado.

“Mesmo a criança que ainda não sabe ler passa naturalmente a se interessar pelas palavras à medida que acompanham e aprendem a cantar vendo as ilustrações”, comenta Ingrid.

Algumas músicas para inserir na rotina das crianças e deixar o aprendizado mais divertido: Alecrim, O cravo e a rosa, Corre cutia, Caranguejo não é peixe, Peixe vivo, Ciranda cirandinha, Fui morar numa casinha, Dona aranha, A barata, Borboletinha, Formiguinha, Se essa rua fosse minha, Indiozinhos, Mestre André, O sítio do seu Lobato, entre outras.

Uma imagem contendo texto, árvore

Descrição gerada automaticamente
Uma imagem contendo equipamentos eletrônicos

Descrição gerada automaticamente
Uma imagem contendo captura de tela

Descrição gerada automaticamente

Pesquisas científicas realizadas em diferentes partes do mundo confirmam que as canções auxiliam o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças. É por isso que o Kumon incentiva que as famílias cantem em casa com os filhos. O curso de língua pátria, na fase pré-escolar, insere músicas e leitura de histórias para motivar ainda mais as crianças para que sintam desde cedo o prazer pelo universo da leitura.  

Comente sobre esta matéria ;)