5ª edição do “Abraços (Virtuais) no Pátio”

Shoppings

Shopping Pátio Higienópolis apresenta a 5ª edição do “Abraços (Virtuais) no Pátio”, com debates sobre empatia, solidariedade e equidade

No próximo dia 2 de outubro, entre 16h e 18h, o Shopping Pátio Higienópolis apresenta “Abraços (Virtuais) no Pátio”. Pelo 5º ano consecutivo, e pela segunda vez de forma virtual, a iniciativa traz palestras de personalidades reconhecidas pelo seu engajamento e ativismo social a favor de causas de diversidade, gênero, solidariedade e empatia. Seguindo a tradição dos últimos anos, o conteúdo será transmitido na data de comemoração ao “Dia da Não Violência”, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em homenagem ao nascimento do líder pacifista indiano Mahatma Gandhi. O objetivo é reafirmar e apoiar a “relevância universal do princípio da não violência e o desejo de garantir uma cultura de paz, tolerância, compreensão e não violência”.

A jornalista, empreendedora e ativista Luana Génot, também fundadora do Instituto Identidades do Brasil, será responsável pela abertura do evento com a palestra Sim, à igualdade e à diversidade. A programação inclui ainda uma conversa com o jogador paralímpico de vôlei Renato Leite, que conta sua jornada de superação após sofrer um acidente de moto aos 20 anos de idade até chegar às medalhas de prata e ouro nas Paraolimpíadas (2003 e 2007, respectivamente). O professor de Ética (ECA-USP) e escritor Clovis de Barros Filho encerra a programação com a palestra A Vida que Vale Ser Vivida.

“Temos muito orgulho desta iniciativa, capaz de inspirar e trazer reflexões sobre a importância do cuidado com o próximo em várias frentes. Acreditamos que promover conversas sobre esses assuntos podem colaborar com mudanças de atitudes e gestos que façam uma sociedade melhor”, afirma Beatriz Gerlack, Gerente de Marketing do Shopping Pátio Higienópolis.

5ª Edição de “Abraços” – Nesses cinco anos de “Abraços no Pátio”, a programação incluiu temas como empatia e a transformação de nosso comportamento por novas atitudes e gestos, empoderamento feminino, inclusão, solidariedade, racismo e preconceito. Nas edições anteriores, o público teve a oportunidade de assistir palestras com nomes como Monja Coen, Djamilla Ribeiro, a jornalista Gloria Maria, o atleta Jackson Follmann (sobrevivente do acidente de avião da Chapecoense em 2016), o psiquiatra e comunicador Jairo Bouer, o filósofo Leandro Karnal, o diretor de teatro Gustavo Kurlat entre outros. O evento também contou com a apresentação do Coral Infantil do Instituto Bacarelli, entidade sem fins lucrativos que atende anualmente mais de 1.000 crianças e jovens na região de Heliópolis, com programas socioeducativos, com ênfase na formação cultural e artística.

Abraços (Virtuais) no Pátio

Quando: 2 de outubro de 2021, das 16h às 18h

Como acessar: Youtube redes sociais @patiohigienopolis

Inscrições (gratuitas) podem ser feitas antecipadamente na página do YouTube do shopping

Programação:

Apresentação:  Guilherme Alf, relações públicas, com especialização em gestão, empreendedorismo e marketing

16h – Luana Genot, jornalista e fundadora do Instituto Identidades BrasilSim à Igualdade e à Diversidade 

–  Fundadora e diretora executiva do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), mestra em Relações Étnico-Raciais pelo CEFET-RJ e autora do livro Sim à Igualdade Racial. Colunista da Revista Ela, do Jornal O Globo. Tem pós-graduação em Marketing e Comunicação no IED-Rio e se formou em Publicidade e Propaganda na PUC-Rio em 2014. É fellow da rede de Líderes Responsáveis da BMW Foundation. Foi bolsista do Ciências Sem Fronteiras / CAPES na University of Wisconsin – Madison, onde se especializou em pesquisa na área de raça, etnia e mídia. Luana trabalhou na Burrell / Publicis Chicago na área de planejamento estratégico. Foi voluntária de marketing na campanha de Barack Obama. Trabalhou no hub de marketing em multinacionais da área de beleza e entretenimento. Foi modelo publicitária e de passarela. Fluente em francês e inglês, atua como palestrante no Brasil, França, Estados Unidos e Sri Lanka. É curadora de eventos como ConaLife, Rio 2C e é gestora de projetos sobre raça e etnia, equidade de gênero, diversidade e inclusão, empreendedorismo e empoderamento da juventude periférica. Co-líder do Comitê de Igualdade Racial do Grupo Mulheres do Brasil no Núcleo do Rio de Janeiro.

17h – Renato Leite, jogador paraolímpico,  Superação

Aos 18 anos, Renato Oliveira Leite queria ser jogador de futebol. Treinava na várzea paulista e vinha fazendo inúmeros testes, num ambiente extremamente competitivo. Começou a trabalhar cedo, como empacotador num supermercado.

Preparava-se para mais um teste promissor quando resolveu comprar uma moto e entregar quentinhas. Numa conversão, ele e um carro desviaram para o mesmo lado: fratura exposta na perna, artéria atingida, risco de vida. Aos 37 anos, Renato é Tetra campeão Pan-americano e foi eleito o melhor líbero do mundo. Conhece 28 países e emplacou marcas vitoriosas. Capitão da seleção brasileira de vôlei sentado – medalha de ouro nos Jogos Parapan-Americanos de Lima no Peru – já tem destino certo em 2020 nas Paraolimpíadas de Tóquio. Amputado, o jovem contou com o conforto dos pais e da namorada – hoje esposa – para seguir em frente. Após cerca de sete meses, colocou uma prótese abaixo do joelho e adaptou-se totalmente. Com preparo físico de quem sempre se destacou nos esportes, reabilitou-se com sucesso e reconquistou a independência.

18h – Professor e Escritor Clovis de Barros Filho: A Vida que Vale ser Vivida

Doutor e livre-docente pela Escola de Comunicações e Artes da USP. Palestrante há mais de dez anos no mundo corporativo, consultor e autor.  Autor de mais de 15 obras, entre as quais  o best-seller “A vida que vale a pena ser vivida”. Nesta palestra, ética, felicidade, comprometimento e qualidade são trabalhados num encadeamento de ideias capaz de mover e comover.

Mais de 300.000 pessoas já assistiram a essa palestra presencialmente e mais de 30 milhões já visualizaram um trecho na internet.

Comente sobre esta matéria ;)