10 dicas infalíveis para fazer a mulher gozar no sexo oral

Cidade

O sexo oral está na lista de preliminares predileta de quase todo homem. A umidade da boca e os movimentos ágeis e firmes da língua provocam uma série de sensações prazerosas na hora do sexo. Segundo a sexóloga do C-date Carla Cecarello, o sexo oral é uma garantia de prazer na hora H. “Tudo depende do grau de relaxamento e o vínculo do casal. Quanto mais confiança um tiver no outro, mais tranquilo a parceira vai ficar para sentir prazer e gozar”, afirma Carla.

Para as mulheres, receber sexo oral é uma das melhores táticas para aumentar a excitação e o prazer. O sexo oral pode levar os amantes da prática ao ápice do êxtase. Por isso, a sexóloga do C-date, separou dicas preciosas para apimentar a vida sexual de quem pensa em começar bem uma preparatória para o ato na cama. “O segredo é não ir direto ao ponto, mas explorar todo o corpo da parceira antes de chegar às genitais”, evidencia a especialista.

1 – Abuse da língua: a língua precisa estar bastante enrijecida, para fazer movimentos circulares e ritmados na mesma velocidade em torno do clitóris.

2 – Vibradores: na medida em que se estimula o clitóris, introduza próteses em formato de pênis ou vibradores para estimular ainda mais o prazer da parceira.

3 – Posição 69: ao mesmo tempo em que a mulher está sendo estimulada pelo parceiro, ela também pode fazer sexo oral nele. “Isso costuma ser bastante estimulante para algumas mulheres. Além disso, o clima é propício para que o casal chegue ao orgasmo juntos”, afirma a sexóloga Carla Cecarello.

4 – Estimule os seios: o parceiro deve assumir uma posição no sexo em que ele consiga estimular os seios da parceira ao mesmo tempo em que faz o sexo oral. “Os seios possuem pontos de muita sensibilidade e quando são estimulados contribuem para excitar as mulheres”, explica a especialista.

5 – Lubrifique: géis com sabores são uma ótima opção para fazer brincadeiras sensuais com a boca. Os géis com funções de esquentar e vibrar contribui para a vasodilatação e ajudam na excitação, além disso, a língua é um ótimo estímulo para chegar ao orgasmo mais rápido. “Lubrifique toda a região genital da mulher em especial no clitóris e na entrada da vagina”, orienta Carla.

6 – Varie no sabor: algumas mulheres ficam incomodadas por causa do cheiro da vagina ou por conter secreções ou escorrimento no local. Dessa forma, se você não tem 100% de certeza do seu estado de saúde, uma forma de ajudar com isso é escolher preservativos com possuam cor ou sabor. “Desenvolva técnicas para coloca-los, deixe-o bem esticado de uma forma que possa colocar no clitóris, estendendo até a entrada da vagina. Assim, além de o preservativo oferecer uma situação lúdica e divertida para a relação, cria um clima de segurança para que a mulher se sinta mais tranquila”, expõe a sexóloga do C-date.

7 – Higiene: para que a mulher possa ter orgasmo, ela precisa estar bastante à vontade. Por isso, para evitar constrangimentos com o parceiro, o ideal é manter uma higiene no local. “Mantenha a depilação em dia e cuide da sua saúde genital”, recomenda Carla.

8 – Masturbe-se: a mulher precisa conhecer a sua região genital para que possa conhecer suas vontades na hora do sexo oral e indicar para o parceiro do que mais gosta. “Sempre que possível se estimule e introduza os dedos na vagina, conheça a si mesma”, aconselha a especialista.

9 – Um carinho labial prazeroso: o sexo oral nunca deve começar diretamente pelo clitóris. “O parceiro deve estimular primeiro a entrada da vagina com a língua mais molinha sem estar enrijecida, faça movimentos circulares na região e só depois estimule o clitóris”, instrui a sexóloga do C-date Carla Cecarello.

10 – Segurança: muitas vezes os homens gostam de fazer o sexo oral e introduzir o dedo no ânus da mulher, porém essa prática não é recomendada. “Grande parte das mulheres rejeitam esse tipo de situação, o que causa uma insegurança. A única parte indicada para ser estimulada com os dedos é a vagina”,conclui Carla.

 

Comente sobre esta matéria ;)